Últimas

Exposição reúne 35 telas de Candido Portinari em SP

19/06/2015 – 11h00

As informações estão atualizadas até a data acima. Sugerimos contatar o local para confirmar as informações

MARIANA AGUNZI
DE SÃO PAULO

A partir desta sexta (19), a galeria Almeida e Dale, localizada nos Jardins -e que representa nomes como Cildo Meireles, Alfredo Volpi, Hélio Oiticica e Lygia Clark- abre ao público sua nova mostra: “Portinari e a Poética da Modernidade Brasileira”.

A exposição reúne 35 obras de Candido Portinari (1903-1962), produzidas entre 1931 e 1944 -período em que o artista despontou na cena artística e se tornou um dos grandes nomes do modernismo no Brasil.

Candido Portinari

Com curadoria de Denise Mattar, a mostra traz como recorte dois acontecimentos marcantes do país no período. Um deles, o 38° Salão de Belas Artes, ocorreu no Rio de Janeiro em 1931. Portinari foi um dos organizadores e participou exibindo 17 obras.

O outro evento, a Exposição de Arte Moderna, ocorreu em 1944 em Belo Horizonte. Oganizado por Juscelino Kubitschek, que na época era prefeito da cidade, reuniu importantes artistas do movimento, como Anita Malfatti, Iberê Camargo e, claro, Portinari.

As telas expostas na galeria pertencem ao acervo de colecionadores particulares do Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza e São Paulo -como a Coleção Roberto Marinho. Entre as obras, estão “O Violinista” (1931), “Flora e Fauna Brasileira” (1934), “As Moças de Arcozelo” (1940) e “Brodowsky” (1942).

Informe-se sobre a exposição


+Canais

+ Notícias Exposições, Passeios e Crianças

+ Notícias no Guia Folha


Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *