Últimas

Flu supera desvantagem numérica, bate o Goiás e entra no G-4 do Brasileiro

Goiás – O Fluminense está no G-4 do Brasileirão. Com muita luta, o Tricolor conseguiu superar a desvantagem numérica diante do Goiás, já que perdeu Gum, expulso, e Vinícius, lesionado, depois que a equipe já tinha feito as três substituições, e venceu o duelo por 2 a 1, no Serra Dourada.

Na próxima rodada, o Tricolor vai enfrentar o Santos, na quinta-feira, às 21 horas, no Maracanã. Já a equipe esmeraldina encara o Figueirense, no mesmo dia, às 19h30, no Orlando Scarpelli. 


Fluminense conseguiu importante vitória sobre o Goiás

Foto:  Nelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O JOGO

O Fluminense começou a partida contra o Goiás com muita posse de bola. Explorando a qualidade técnico do meio-campo formado por Gérson, Vinícius e Wagner, os cariocas controlaram o jogo no começo. Apesar disso, a defesa tricolor já não se mostrava em um bom dia. Aos 9 minutos, Bruno Henrique deu drible desmoralizante em Gum e ficou na cara de Cavalieri, o atacante finalizou forte para boa defesa de Cavalieri.


LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

A partir da metada do primeiro tempo, o Fluminense sofreu um apagão e levou pressão do Goiás. O placar foi aberto 33 minutos. Erik foi lançado, ganhou na corrida de Gum e tocou por cima de Cavalieri, fazendo a bola morrer no fundo da rede do Tricolor. 

Logo depois, Bruno Henrique e Felipe Menezes tiveram chance de ampliar, mas acabaram batendo para fora. No fim do primeiro tempo, o Fluminense conseguiu criar uma boa oportunidade. Wellington Silva foi no fundo e rolou para Magno Alves, mas o atacante foi travado pela zaga goiana.


Antes do fim do jogo, Vinícius deixou partida com lesão

Foto:  Divulgação

O Tricolor voltou para campo com Lucas Gomes na vaga de Gérson, mas quem criou a primeira chance foi o Esmeraldino. Bruno Henrique ficou na cara de Cavalieri, mas na hora de finalizar foi travado por Antônio Carlos. Na primeira jogada que o Flu criou conseguiu o gol. Vinícius fez bela jogada e tocou para Lucas Gomes, que bateu cruzado, no meio do caminho, Wagner colocou o pé na bola.

Aos 12 minutos, Erik foi lançado passou por Cavalieri, mas Gum evitou o gol colocando a mão na bola, pênalti e expulsão. Na cobrança, Felipe Menezes bateu muito mal e o goleiro tricolor fez bela defesa, mantendo o Tricolor na partida. 

Com um a menos em campo, Enderson sacou Magno Alves e colocou Henrique no jogo. E o zagueiro tricolor participou do lance do segundo gol. Lucas Gomes colocou a bola na área, o defensor cabeceou para o meio e Edson dominou, finalizando forte, sem defesa para Renan.

Os últimos minutos foram de muita pressão do Goiás. O Fluminense ficou com nove em campo, porque Vinícius torceu o tornozelo e como o Tricolor já tinha feito as três substituições, Enderson não pode substituir. Com muita os cariocas se seguraram na partida e levaram os três pontos para o Rio.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 x 2 FLUMINENSE

Local:
Serra Dourada – Goiânia (GO)
Público e renda:
2.419 pagantes – R$ 87.850,00
Árbitro:
Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Cartões amarelos:
Wagner, Erik, Clayton Sales e Henrique
Cartões vermelhos:
Gum
Gols:
Erik (31’/1ºT), Wagner (7’/2ºT) e Edson (16’/2ºT)

Goiás:
Renan; Clayton Sales, Felipe, Fred e Rafael Forster; Rodrigo, Patrick (Arthur – 15’/2ºT), Felipe Menezes (Wiliam Kozlowski – 30’/2ºT) e Liniker (Wesley – 24’/2ºT); Erik e Bruno Henrique. Téc: Augusto Cesar

Fluminense:
Diego Cavalieri; Wellington Silva, Antonio Carlos, Gum e Giovanni; Edson, Jean, Gerson (Lucas Gomes – intervalo), Wagner (Pierre – 30’/2ºT) e Vinícius; Magno Alves (Henrique – 13’/2ºT). Téc: Enderson Moreira

Confira os lances de Fluminense e Goiás

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *