Últimas

Galeria mostra a câmera de 20 MP do Meizu MX5 em ação pela primeira vez

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Meizu, assim como as conterrâneas Huawei e Xiaomi, marcou um evento para esta terça-feira, 30, onde apresentou seu flagship para batalhar no mercado elitizado de telefonia móvel em 2015. MX5 chega com tudo na briga pela primeira posição entre os carros-chefe Android, unindo boa construção, especificações técnicas de qualidade e um preço arrasador. Um de seus chamativos é a câmera de 20,7 megapixels, com sensor fotográfico IMX230, desenvolvido pela Sony, e as primeiras imagens capturadas usando tal sistema podem ser acompanhadas na galeria de fotos abaixo:

A câmera principal de 20,7 megapixels possui lentes com abertura de f/2.2, usando seis elementos óticos e reproduz pixels com tamanho de 1.2 mícron. O sensor fotográfico da Sony, IMX230, é um dos maiores disponíveis para celulares, medindo notáveis 1/2.3 polegadas, exatamente o mesmo encontrado na linha Xperia Z da japonesa. As imagens, de fato, possuem cores naturais, contraste aprimorado e bom desempenho até em ambientes com baixa iluminação, como é o caso da igreja mostrada no segundo lugar da galeria. Lógico que um pós-processamento de foto está embutido no software do MX5.

O restante do conjunto técnico também não decepciona, incluindo uma tela Super AMOLED de 5,5 polegadas em resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), 3 GB de RAM, chipset MediaTek Helio X10 com processador octa-core rodando a 2,2 GHz (rival do Snapdragon 810), PowerVR G6200 como placa gráfica, 32 GB ou 64 GB de memória para o armazenamento interno, expansível via cartão microSD, suporte ao uso simultâneo de dois chips de operadoras e redes 4G LTE, espessura de 7,9 milímetros, peso de 149 gramas, bateria de 3.150 mAh e Android 5.0 Lollipop como sistema operacional, modificado pela interface Flyme OS.

Infelizmente, Meizu MX5 só estará disponível na China, pelo menos em seu período inicial de comercialização, chegando a outras regiões apenas através de importação. O preço inicial do modelo é de 1999 yuan, ou 1.007 reais na cotação atual da moeda chinesa, desconsiderando os impostos brasileiros, é claro. Em contrapartida, é preciso arcar com os tributos excessivos e o frete partindo da Ásia se quiser importar uma unidade, portanto o valor final pode não ser tão atraente para os consumidores, levando em conta os rivais que já são fabricados em território tupiniquim.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *