Governo diz que pagará progressão de professores ainda neste mês, mas grevistas não serão beneficiados

O Governo de Pernambuco informou, nesta segunda-feira, que vai implantar as progressões dos professores da rede estadual (e demais membros de carreira da rede estadual de ensino) nos meses de junho, outubro e dezembro. A verba para os pagamentos, inclusive, já foi contabilizada no cálculo das despesas de pessoal. A medida, no entanto, só não deverá beneficiar os grevistas.De acordo com a gestão, em portaria publicada no Diário Oficial, já constava que os professores grevistas não receberiam a primeira progressão, assim como dizia que os contratos temporários poderiam ser rescindidos. Os servidores lotados nas escolas de Referência poderão ser removidos para a Gerência Regional a que estejam vinculados para posterior acomodação. A portaria foi publicada no dia 13 de abril. No dia 17, foi divulgada uma lista com o nome de 15 servidores desligados de suas atividades por estimular o movimento paredista da categoria.

Ainda na nota oficial divulgada nesta segunda, o governo pediu que os docentes continuem em sala de aula para não causar prejuízos, principalmente, aos estudantes que estão prestes a realizar as provas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *