Últimas

Grupo suíço investe R$ 220 mi para ampliar fábrica de embalagens no PR

A multinacional suíça SIG Combibloc, que produz embalagens para bebidas e alimentos, vai ampliar a fábrica de Campo Largo, no Paraná.

O grupo investirá cerca de R$ 220 milhões na unidade, que produz embalagens cartonadas assépticas, como as usadas para leite longa vida.

O aporte possibilitará à empresa elevar a capacidade em cerca de 40%. Hoje, a planta brasileira fabrica 3,2 bilhões de unidades por ano.

“O ano não está fácil, mas trabalhamos com uma perspectiva de longo prazo para acompanhar o crescimento da demanda”, diz Ricardo Rodriguez, diretor-presidente da SIG na América do Sul.

“Estamos em um mercado mais resiliente à crise, pois atuamos com produtos da cesta básica de alimentos. Mesmo assim, o primeiro semestre ficou abaixo da nossa expectativa”, diz o executivo.

A expansão também permitirá ao grupo produzir no país itens que hoje são importados de unidades da Europa. O índice de produtos nacionais no portfólio deverá subir dos atuais 85% para aproximadamente 95%.

A SIG tem como maior concorrente a sueca Tetra Pak, que inaugurou uma fábrica no Paraná no ano passado.

“O Estado tem uma cadeia forte de papel e celulose, o que também é um atrativo para o setor de embalagens”, diz Adalberto Netto, diretor-presidente da Agência Paraná de Desenvolvimento.

*

Mão de obra conectada

A GetNinjas, empresa on-line que encontra prestadores de serviços autônomos, captou US$ 13 milhões (R$ 40,1 milhões, no câmbio atual) para sua expansão.

Os aportes virão da gestora TGM, do grupo americano Tiger, e dos fundos Monashees Capital (Brasil) e Kaszek Ventures (Argentina).

O valor será usado para ampliar os profissionais cadastrados no sistema, elevar o total de funcionários da empresa e expandir o negócio para outros países.

O grupo faz a intermediação entre o cliente e profissionais de diversas especialidades, como designers, arquitetos e até churrasqueiros. Hoje, são 100 mil prestadores de serviço, que faturam R$ 10 milhões por mês.

“Com o investimento, vamos intensificar ações para cadastrar mais profissionais em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte”, afirma Eduardo L’Hotellier, fundador da GetNinjas.

No exterior, a expansão incluirá Colômbia e Peru.

*

Despesa forasteira

São Paulo e Rio de Janeiro caíram 37 e 39 posições, respectivamente, no ranking das regiões mais caras para expatriados residirem em 2015, em relação ao ano anterior, segundo pesquisa da consultoria ECA International.

Apesar da elevação dos preços, a desvalorização do real fez do Brasil um local mais barato para estrangeiros, afirma o estudo, que é baseado em preços em dólares.

Em um ano, São Paulo saiu da 130ª posição e, hoje, ocupa a 167ª. Já o Rio deixou o 123º lugar e foi para o 162º –a lista tem 440 locais.

No mundo, Juba, no Sudão do Sul, é a mais cara. Nas Américas, Manhattan, em Nova York, é a que tem o maior custo para os estrangeiros.

*

Ainda… A Unidade Embrapii-Coppe de engenharia submarina será lançada nesta quarta (17), quando serão assinados seus primeiros contratos com empresas, de R$ 7 milhões, incluindo recursos da UFRJ e da Embrapii.

…no pré-sal Em seis anos, o investimento será de R$ 90 milhões da Embrapii, que é ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia. Uma das pesquisas será sobre a viabilidade de levar equipamentos de plataformas para o fundo do mar.

Genérico… A PróGenéricos ganhou na Justiça um pedido de nulidade da patente do medicamento Rosuvastatina, da AstraZeneca.

…na gôndola A AstraZeneca disse que irá recorrer da decisão. O produto movimentou R$ 557 milhões no país nos últimos 12 meses até abril de 2015, segundo o IMS Health.

Concreto A InterCement vai lançar um instituto para cuidar de estratégias sociais da cimenteira. Neste ano, serão investidos R$ 12,2 milhões em projetos em áreas como infância, juventude e educação.

*

com LUCIANA DYNIEWICZ, LEANDRO MARTINS, ISADORA SPADONI e DHIEGO MAIA

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *