Últimas

Há quatro anos, Santos conquistava Libertadores e consagrava Neymar e Ganso

Há exatamente quatro anos, o Santos conquistava a Copa Libertadores da América ao vencer o Peñarol, do Uruguai, por 2 a 1, no estádio do Pacaembu. O título consagrou de vez a “geração Neymar e Ganso”, que brilhou com a camisa santista por três temporadas.

O torcedor santista por muitos anos foi rotulado de “viúva de Pelé” por torcidas rivais. Mas, Neymar e Paulo Henrique Ganso provaram contra os uruguaios que a chacota não faz sentido e que o clube vai muito além de Pelé. Com o Pacaembu lotado, o time alvinegro conquistou o tricampeonato continental em jogo dramático.

Após o término da partida, os times começaram uma pancadaria generalizada dentro de campo. Até mesmo o atacante Neymar entrou no quebra-quebra, recebendo e desferindo golpes contra os atletas do Peñarol.

Os gols aconteceram na segunda etapa. Neymar marcou em uma jogada que contou com lindo passe de letra de Ganso. Danilo, considerado o melhor em campo, completou a festa santista no Pacaembu. Durval, contra, fez o gol do Peñarol.

O feito consagra a atual geração dos Meninos da Vila, que já havia conquistado dois Paulistas e uma Copa do Brasil. O Santos voltou a faturar a Libertadores após 48 anos. As duas outras estrelas sobre o escudo santista foram obtidas na era Pelé. O ex-camisa 10, aliás, conferiu a decisão do camarote do Pacaembu.

O título credenciou o Santos ao Mundial de Clubes, que ocorreu em dezembro daquele ano no Japão, mas não traz boas lembranças. A equipe santista foi goleada pelo Barcelona, da Espanha, por 4 a 0, em jogo “apagado” de sua principal estrela – Neymar.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *