Últimas

Irmão de Cristiano Araújo desabafa em rede social: 'Saudade'

 Cristiano Araújo e o irmão, Felipe (Foto: Reprodução / Instagram) Cristiano Araújo e o irmão, Felipe (Foto: Reprodução / Instagram)

Felipe, irmão caçula de Cristiano Araújo, usou o Instagram para desabafar sobre a morte do sertanejo e fazer algumas homenagens a ele e sua namorada, Allana Moraes, nos últimos dias. O rapaz de 17 anos também é cantor e tem uma dupla chamada João Pedro e Felipe.

Neste sábado, 27, o jovem postou um vídeo do irmão cantando e escreveu apenas: “Saudade! Quero arrancar essa página da minha vida”. Nos comentários, ele recebeu muitas mensagens de apoio de fãs de Cristiano, que compartilharam seu sofrimento também.

 Cristiano Araújo e Allana Moraes (Foto: Reprodução / Instagram) Cristiano Araújo e Allana Moraes
(Foto: Reprodução / Instagram)

Na quinta, 25, horas após o enterro do sertanejo e de Allana, Felipe publicou uma foto dos dois e os exaltou: “Olhem bem pra esses sorrisos, sorrisos puros, inocentes. Eles foram viver essa linda história de amor lá no céu. Dois anjos. Deus dê força pra minha família e pra família da princesa Allana”.

Pouco antes, foi a vez de um registro dele com o irmão em cima do palco. Na legenda, ele mostrou que é bem religioso e pediu a Deus força para toda a família, principalmente para o pai, João Reis.

“Jesus Cristo, pode levar meu menino, eu não seria tão egoísta em não dividir Contigo um irmão tão carinhoso, um filho tão dedicado, um pai tão perfeito e o melhor amigo que qualquer pessoa pode ter. Eu tenho certeza que ele já deve estar fazendo o Senhor dar muitas gargalhadas ai meu Jesus. Eu sou a pessoa mais feliz e orgulhosa do mundo por ter tido um irmão tão incrível, muito obrigado Senhor! Com certeza o Senhor já ouviu ele cantar, a voz dele é linda, né? Eu te peço que o Senhor possa preservar essa voz, porque eu quero escutá-la exatamente assim como ela está no dia que eu chegar ai. Mas como o Senhor deve saber, essa voz tão linda é a menor qualidade que ele tem, por incrível que pareça”, elogiou Felipe, pedindo conforto para a família em luto: “Te peço também que o senhor possa confortar os nossos corações, mas principalmente o coração do meu pai, João Reis. Me conforto em saber que não há culpados e que foi feita a Sua vontade. Cuida bem do meu menino, viu meu Jesus?! #morrendodesaudade #váempaz meu menino”.
 

Camiseta em homenagem a Cristiano Araújo  (Foto: Arquivo Pessoal)Camiseta em homenagem a Cristiano Araújo
(Foto: Arquivo Pessoal)

Futebol com homenagem
Nesta segunda-feira, 29, Cristiano vai ganhar mais uma homenagem. O cantor, que era apaixonado por futebol, jogava pelada com os amigos todas as segundas-feiras, em um campo de Goiânia, e, mais tarde, eles irão se reunir no local para relembrá-lo.

Luís Henrique, empresário do sertanejo, é quem está organizando a partida e mandou até fazer uma camiseta especialmente para a ocasião (como no modelo acima). Um vídeo com imagens de Cristiano também será exibido para todos.

Cristiano Araújo com os amigos do Futebol (Foto: Arquivo Pessoal)Cristiano Araújo com os amigos do futebol
(Foto: Arquivo Pessoal)

“O Cristiano sempre pedia para marcar o futebol. Eu e um amigo começamos organizando e fomos nos tornando uma família, o time Futebol Araújo, que agora será Eterno Futebol Araújo. Hoje vai ter muita emoção por lá, mas alegria também. Porque era assim que o Cristiano era. Brincalhão, gozador, adorava tirar sarro dos outros… Vou chamar o irmão dele também, o Felipe. Devem ir primos, outros amigos. Ele sempre levava os filhos para brincarem lá”, afirma Luís.

Além do cantor, Ronaldo Ribeiro, seu motorista e amigo pessoal – que dirigia o carro no momento do acidente – também será homenageado. Ele faz parte do grupo, mas continua muito abalado com tudo que aconteceu e não tem falado com os colegas.

“O Ronaldo também joga sempre. Os uniformes, inclusive, têm o símbolo do Corinthians, que era o time do Cristiano, e o do Palmeiras, que é o dele. Estamos tentando dar força para ele agora. Nas costas da camiseta que fizemos para hoje vai ter uma mensagem: ‘Força, Ronaldo… Estamos com você!’. Ele está muito abalado, nem está conversando no nosso grupo de whatsapp. Estamos tentando levar sempre mensagens de carinho”, lamenta Luís.

Ronaldo Miranda e Vitor Leonardo (Foto: Reprodução/ Instagram)Ronaldo Miranda e Vitor Leonardo: motorista e
empresário que estavam com Cristiano no acidente
(Foto: Reprodução/ Instagram)

Ronaldo pode responder por homicídio culposo
Neste domingo, 28, Ronaldo admitiu, em depoimento à Polícia Civil, que dirigia acima dos 110 km/h permitidos na rodovia BR-153 no momento do acidente em que morreu o sertanejo. O delegado Fabiano Henrique Jacomelis, responsável pelo caso, aguarda agora a análise que está sendo feita por dois peritos da montadora Land Rover nas informações salvas no sistema eletrônico do Range Rover.

“Com base nesses dados, poderemos verificar se ele estava realmente acima da velocidade permitida. Se for confirmado a imprudência, o motorista poderá ser indiciado por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar) na direção de veículo automotor”, informa o titular da delegacia de Morrinhos, ao EGO. A pena para esse tipo de crime pode variar de dois a quatro anos de detenção, com suspensão da Carteira Nacional de Habilitação ou proibição de se obter uma nova.

EGO nas redes sociais

Segundo o delegado, Ronaldo reafirmou que não cochilou ao volante, como chegou a ser cogitado pela polícia, e nem estava mexendo no celular durante o acidente, ocorrido na altura do km 614, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás. A hipótese do cochilo na direção foi levantada por causa da ausência de marcas de frenagem no asfalto. Ele contou que perdeu o controle do carro porque um dos pneus furou e ele não ouviu o estouro. Quando escutou o barulho do pneu vazio, já não teve tempo de contornar a situação. “Essa versão condiz com a ausência de frenagem no asfalto”, explica o delegado.

A versão de que as rodas do carro não eram originais de fábrica foram confirmadas pelo motorista. De acordo com ele, elas foram alteradas por estética e doadas por um amigo em comum de Ronaldo e Cristiano Araújo. Esse amigo também tinha um Range Rover e quis vendê-lo. Para comercializá-lo, ele colocou as rodas originais de volta no veículo e retirou as modificadas, doando-as a Cristiano.

Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *