Últimas

Juncker diz que acordo com a Grécia ainda não foi alcançado apesar dos progressos

Bruxelas, 22 Jun 2015 (AFP) – O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, se mostrou prudente nesta segunda-feira e afirmou que ainda não sabe se um acordo será anunciado entre a Grécia e os credores na reunião de cúpula extraordinária que acontece nas próximas horas.

“Registramos progressos nos últimos dias, mas ainda não chegamos a um acordo. Não sei se teremos um acordo hoje”, declarou Juncker ao receber em Bruxelas o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras.

Tsipras se reunirá durante a manhã em Bruxelas com Juncker, Christine Lagarde, diretora gerente do FMI, Benoit Coeuré, integrante da diretoria do Banco Central Europeu (BCE), e Jeroen Dijsselbloem, presidente do Eurogrupo.

O primeiro-ministro grego afirmou que é “tempo de alcançar uma solução substancial e viável” que “permita a Grécia retomar o crescimento econômico dentro da zona do euro, com justiça social”.

Após cinco meses de negociações, os principais personagens da crise grega se encontram nesta segunda-feira em Bruxelas em duas reuniões: uma de ministros das Finanças, que será seguida por uma cúpula de chefes de Estado e de Governo da Eurozona.

Os credores da Grécia esperam que Atenas apresente uma série de reformas para liberar uma parcela de empréstimo do plano de resgate financeiro de 7,2 bilhões de euros, bloqueada há vários meses e que o país precisa com urgência para permanecer com fluxo de caixa.

Se não receber a parcela, a Grécia pode não ter condições de pagar 1,5 bilhão de euros que deve ao FMI até 30 de junho. O país cairia assim em uma situação de default (suspensão de pagamentos) e abriria um período de incerteza para o conjunto da zona do euro.

bur-pa/fp

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *