Últimas

Negros, pardos e indígenas confiam menos na polícia do que brancos

A confiança do brasileiro na polícia é menor entre negros, pardos e indígenas. Ela chega a 30%, contra 37% dos brancos, segundo pesquisa da Escola de Direito de SP da FGV (Fundação Getulio Vargas).

LATERAL 2
Em relação à Justiça, a situação se repete: 22% de negros, pardos e indígenas confiam nela. Já entre os brancos o percentual é de 27%.

LATERAL 3
Para a professora Luciana Gross Cunha, coordenadora do estudo, a ausência de participação e a sensação de serem “alvos” das duas instituições explicam a credibilidade menor entre integrantes dessas populações. Foram ouvidas 1.650 pessoas em oito Estados.

LEI DA FORÇA
Na comparação com o relatório de 2014, menos brasileiros confiam no Judiciário (queda de 30% para 25%), no governo federal (de 29% para 19%) e nos partidos políticos (de 7% para 5%). E aumentou a credibilidade nas Forças Armadas (de 64% para 68%), na Igreja Católica (de 54% para 57%), nas emissoras de TV (de 31% para 34%) e na polícia (de 30% para 33%). Ministério Público (45%) e Congresso Nacional (15%) ficaram estáveis.

FORÇA DA LEI
E oito em cada dez brasileiros reconhecem que é fácil desobedecer às leis no Brasil, segundo a pesquisa.

Prêmio da Música Brasileira

SONS DO BRASIL
A atriz Luana Piovani, grávida de gêmeos, e o marido, o surfista Pedro Scooby, foram alguns dos convidados que estiveram na 26ª edição do Prêmio da Música Brasileira, na quarta (10). Os músicos João Bosco, Supla, Gilberto Gil, Martinho da Vila, Zeca Baleiro e Lenine participaram da premiação. Luiz Melodia ganhou o prêmio de melhor cantor de MPB. As cantoras Mart’nália e Elba Ramalho também estiveram no Theatro Municipal do Rio.

NÃO PASSARÃO
O advogado de Roberto Carlos, Marco Antonio Campos, diz que o cantor não pretende relaxar em relação à biografia escrita pelo jornalista Paulo Cesar de Araújo. Ela foi recolhida das livrarias em 2007, num acordo entre o autor, a editora Planeta e o rei, que em troca retirou os processos que movia contra as duas partes. “É um ato jurídico perfeito, não há volta atrás”, entende Campos.

THE END
Já Paulo Cesar de Araújo diz que nada fará com a obra proibida antes de consultar advogados e juristas. Já o livro “O Réu e o Rei”, em que narra a saga da disputa jurídica com Roberto, ganhará novo capítulo: o do “final feliz”. Nele, Araújo relatará os debates em torno da decisão tomada anteontem pelo STF (Supremo Tribunal Federal), que liberou a publicação de biografias sem autorização prévia dos biografados.

SOBRE MINHA MÃE
Hildegard Angel vai levar ao palco uma peça escrita por ela sobre sua mãe, Zuzu Angel, e seu irmão, Stuart Angel, mortos na ditadura. “Comecei a escrever quando minha mãe morreu e terminei em 1992. Mas a ideia dessa peça sempre foi dolorida”, diz a jornalista, que resolveu montá-la agora para marcar o aniversário de 40 anos da morte da estilista.

METALINGUAGEM
O Festival Piauí de Jornalismo vai trazer o americano Seymour Hersch para a sua próxima edição, que será realizada nos dias 10 e 11 de outubro, no Colégio Dante Alighieri. Jornalista premiado, ele fez reportagem recente afirmando que o governo de Barack Obama, dos EUA, mentiu sobre a operação que matou Osama Bin Laden.

SÍMBOLO
O padre Julio Lancellotti, conhecido pelo trabalho com moradores de rua, escreveu em seu Facebook que é “impossível não reconhecer [na população LGBT] a presença do Senhor Crucificado”. Ele explica que o post é, sim, uma defesa da atriz transexual que sofreu ameaças por ter se pregado a uma cruz na Parada Gay. “É um símbolo, uma identificação com o sofrimento de Cristo -na Sexta-Feira Santa fazemos a encenação com um morador de rua. Não é diferente”, disse à coluna.

Estreia da peça "Os Monólogos da Vagina"

SÓ SE FALA DELA
A atriz Maria Paula recebeu convidados em sua estreia na peça “Monólogos da Vagina”, no Teatro Santo Agostinho. Adriana Lessa também faz parte do elenco do espetáculo, que completou 15 anos em cartaz e segue em temporada até 30 de agosto.

CURTO-CIRCUITO

A banda Tono recebe Gilberto Gil e Ney Matogrosso, na edição de um ano da festa Sexta Básica. Nesta sexta (12), às 22h, na Audio SP. 18 anos.

Elisa Lucinda mistura canções e poemas em show no Sesc Campo Limpo, nesta sexta (12), às 19h30. Livre. Grátis.

O ministro Guilherme Afif Domingos participa nesta sexta (12) de encontro do IFB (Instituto de Foodservice Brasil), no hotel Renaissance.

O ator Diogo Liberano apresenta a performance “O Narrador”, nesta sexta (12), às 21h30, no Sesc Ipiranga. 16 anos.

O 3º FortunA Golf Cup, em prol do Unicef, é nesta sexta (12), na Fazenda da Grama. Com apoio da Conceito: firmacasa.

O maestro Renato Misiuk, Agnaldo Rayol e a orquestra Allegro se apresentam no dia 19, às 21h, no clube Juventus. Com renda para a ONG Nova 4E. 14 anos.


com JOELMIR TAVARES, MARCELA PAES e LETÍCIA MORI

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *