Últimas

Neymar realiza sonho de infância ao jogar final da Champions

Berlim, 5 Jun 2015 (AFP) – O atacante brasileiro do Barcelona Neymar afirmou nesta sexta-feira que a final da Liga dos Campeões, no sábado em Berlim contra a Juventus, é a partida mais importante da carreira e o título seria a realização de um sonho de infância.

“Claro que sonhei muito com este momento e espero poder fazer um gol para ajudar a equipe. O importante é sermos campeões”, explicou o ex-jogador do Santos.

“Já joguei muitas finais, mas esta é a principal, é a partida mais importante da minha vida e vou fazer todo o possível para sair vencedor. É um sonho de criança que estou vivendo e quero aproveitar”, completou o jogador brasileiro de 23 anos.

Neymar afirmou sonhar em dar um beijo na popular taça, conhecida como ‘Orelhuda’.

“Para mim, jogar esta final é um sonho de criança. Quando tinha seis ou sete anos, sonhava com isso e agora chegou o momento. Vou dar o máximo para sair vencedor e espero viver este sonho que é ganhar a Champions”, explicou.

“Estou muito próximo desse objetivo. É difícil falar dela, mas é uma final tão sonhada que é o melhor momento que estou vivendo. Espero dar um beijo na taça e agradeço a Deus por tudo”, continuou.

Neymar disputou também uma final de Mundial de Clubes com o Santos em 2011, quando perdeu por 4 a 0 para o Barcelona, seu time atual.

“Melhoro jogando ao lado de jogadores que tem muita qualidade, do goleiro ao atacante. Aprendi muito no Japão (naquela partida) e estou aprendendo ainda mais ao lado desse craques que vejo todos os dias”, elogiou o brasileiro.

– Tridente de luxo –

Neymar marcou 38 gols nesta temporada, como parte do tridente ofensivo ao lado de Lionel Messi e Luis Suárez, que marcaram juntos 120 gols.

“Leo e Luis são jogadores de nível altíssimo, de muita qualidade. Nossa parceria vem de nossa amizade dentro e fora de campo. Espero terminar a temporada saindo de campo feliz com eles, por todo o trabalho do ano e acho que podemos sair vencedores”, afirmou.

O atacante brasileiro fugiu do favoritismo que o mundo do futebol insiste em atribuir ao Barça na final contra a Juventus.

“É difícil falar de favoritismo numa final. São duas equipes com muitos jogadores de muita qualidade. São noventa minutos. Queremos fazer nosso jogo e ganhar”, explicou Neymar.

“A Juventus é uma grande equipe. Tem em Gianluigi Buffon um dos melhores goleiros da história do futebol. Desde pequeno eu o vejo jogar, já tive ele no meu time no videogame. Sou fã, mas ficaria muito feliz se pudesse marcar um gol”, completou.

Mais cedo, Buffon admitiu em coletiva de imprensa que Neymar era o jogador preferido de um de seus filhos.

Após causar polêmica ao tentar um drible humilhante nos minutos final da Copa do Rei, num lance que foi considerado como deboche e desrespeito pelos jogadores adversários, Neymar garantiu que não mudará a maneira de jogar.

“Sigo sendo igual. Já sabem como eu jogo. Vou continuar fazendo o que faço dentro de campo e não vou mudar nada. Vou seguir fazendo meu jogo para ajudar meus companheiros, marcando ou driblando”, explicou.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *