Últimas

Número de inscrições brasileiras em Cannes cai 9%

Publicidade

A crise econômica e a redução dos investimentos publicitários levou a uma retração de 9% no número de inscrições de agências brasileiras no festival de publicidade Cannes Lions, espécie de Oscar do mercado.

O Brasil concorre com 3.114 peças, ante 3.321 no ano passado. Apesar da retração, o Brasil ficou novamente em segundo lugar em inscrições, atrás dos EUA. Este ano o festival ganhou dois novos eventos paralelos, o Lions Health e o Lions Innovation. Excluindo os dois eventos, que receberam 189 e 32 inscrições respectivamente, a participação geral do Brasil cai para 2,9 mil –12,7% menos do que no ano anterior.

Os EUA concorrem no Cannes Lions com 7,4 mil inscrições e o Reino Unido vem em terceiro, logo atrás do Brasil, 2,846 peças.

Com a ampliação do número de categorias, o festival bateu novamente o recorde de inscrições este ano: foram 40.133 peças inscritas nos três eventos. O valor das inscrições varia conforme a categoria e vão de 350 a 580 euros.

Em sua 62a edição, o Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade deve atrair cerca de 12 mil pessoas de 95 países para a Riviera francesa, de 21 a 27 de junho.
Além da seleção e julgamento das peças, o festival discutirá temas relevantes para a indústria da comunicação em mais de 150 sessões e workshops com panelistas de 24 países. As atrações são as mais variadas e incluem o rapper Pharell Williams (Happy), o roqueiro Marilyn Mason, e os criadores da série dos zumbis The Walking Dead.

O cineasta inglês Richard Curtis, de Notting Hill, foi convidado pela SAWA (Associação Global de Publicidade de Cinema) para falar da campanha classificada pela Nações Unidas como o maior desafio de marketing pro-bono do século, parte de uma iniciativa de combate a pobreza extrema e alterações climáticas. Na área de tecnologia, o destaque fica com Tim Berners-Lee, criador da internet.
Para falar sobre contação de histórias, as produtoras executiva Julie Snyder e Dana Chivvis e a apresentadora Sarah Koenig, do Serial, vão falar sobre os bastidores do pod cast que virou um fenômeno na internet, com mais de 80 milhões de downloads.

Algumas das palestras poderão ser acompanhadas ao vivo pela internet, no site do festival. (www.canneslions.com)

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *