Últimas

Para Dunga, eliminação na Copa América precisa servir de aprendizado

Concepción, Chile, 28 Jun 2015 (AFP) – Eliminado da Copa América do Chile-2015 nos pênaltis pelo Paraguai, o técnico do Brasil, Dunga, afirmou em coletiva de imprensa que a decepção precisa servir de aprendizado, de olho nas eliminatórias para a Copa do Mundo-2018, neste sábado em Concepción.

“Logicamente, a gente gostaria de ganhar, mas foi uma ótima preparação para as eliminatórias, que é nosso maior objetivo”, afirmou o treinador.

Para Dunga, o Brasil se armou para anular o jogo aéreo do Paraguai, o que deu certo até Thiago Silva colocar a mão na bola dentro da área, num pênalti claro que o Paraguai não desperdiçou.

Ao ser perguntado sobre a situação no futebol brasileiro, muito marcado pelo 7×1 da Copa do Mundo, Dunga pediu humildade para reconhecer que a fase não é boa.

“Todos temos que pensar no futebol brasileiro, mas não só dentro de campo. Não podemos deixar de notar que outras seleções melhoraram com intercâmbio, com outras circunstancias, e temos que ter humildade para entender que é preciso trabalhar e rever conceitos”, analisou o ex-capitão da seleção.

Quando reassumiu o cargo, após o fiasco da Copa do Mundo, Dunga venceu as 11 primeiras partidas com a seleção brasileira, um trabalho que foi por água abaixo com as fracas atuações na Copa América.

“A gente sabia que essas vitórias nos amistosos não queriam dizer muita coisa e que depois da derrota, veríamos do que somos feitos de verdade”, declarou o treinador.

“No Brasil sempre há pressão. Temos que trabalhar muito para dar uma resposta para a torcida, mas é inútil lamentar. Tem que trabalhar e buscar a melhora”, concluiu.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *