Últimas

Pertencimento e deslocamento são temas de nova exposição de Márcio Almeida

Exposição do artista terá abertura nesta terça-feira. Crédito: Galeria Amparo/Divulgação
Exposição do artista terá abertura nesta terça-feira. Crédito: Galeria Amparo/Divulgação

As noções de pertencimento e deslocamento dão o tom da mostra VER-DE-VIR – Caminhos de um bicho geográfico, de Márcio Almeida, com abertura às 19h desta terça-feira (09), na Galeria Amparo 60. O artista traz 25 obras em vários suportes, como desenho, fotografias, objetos, performances e instalações, para trazer uma discussão do que é feita a ocupação do espaço urbano. Questões geopolíticas, como os desolcamentos forçados de indivídios e populações inteiras, também tangenciam a mostra e fazem parte das observações do artista. Entre as obras expostas, está a série intitulada Passeio sobre El País, realizada com jornal e fita crepe, no qual as notícias do jornal espanhol aparecem deslocadas de seu contexto por meio do trabalho do artista. Essa noção de estar “fora do lugar” também faz parte do sentido da própria obra. “Entendo isso como pintura, já que há um trabalho com superposições, por exemplo. Na época, eu estava em Londres e só tinha acesso maior a notícias pelo periódico, já que não falo inglês e  os donos do local onde me hospedei eram espanhois”. A ideia de cidade está presente, por exemplo, na instalação Ver-de-vir-, que traz um livro de artista acoplada a um móvel, que exige o engajamento do espectador em sua leitura.

A mostra também traz a participação do artista Daniel Santiago, que formou com Márcio a Equipe S/A, um duo voltado para a realização de performances e trabalhos com outros suportes artísticos. Os dois se encontraram em Lisboa e tiveram a ideia de realizar uma performance à beira do Rio Tejo, no qual Santiago declamou o poema Navio negreiro, de Castro Alves em cima de um pneu. A ação foi registrada em foto e vídeo e os resquícios da mostra podem ser vistos na galeria, como objetos e imagens, podem ser vistos na galeria.

SERVIÇO
VER-DE-VIR – Caminhos de um bicho geográfico, de Márcio Almeida
Visitação: Segunda a sexta, das 9 às 13h e das 14h às 19h; sábados das 10 às 14h (Com agendamento prévio)
Onde: Galeria Amparo 60 – Av. Domingos Ferreira, 92 A, Boa Viagem
Informações: 3033-6060

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *