Últimas

Petrobras, Vale e bancos fazem Bolsa subir mais de mil pontos em 2 horas

Publicidade

A forte valorização das ações de bancos, Vale e Petrobras, em um movimento de recuperação das perdas registradas desde o fim da semana passada, fez o principal índice da Bolsa brasileira ganhar mais de mil pontos nas primeiras duas horas de negociações desta quarta-feira (10).

Às 12h (de Brasília), o Ibovespa tinha valorização de 2,21%, para 53.984 pontos (1.168 pontos a mais que no fechamento da véspera). O volume financeiro girava em torno de R$ 2,5 bilhões. No mesmo horário, os papéis de bancos, segmento com maior peso dentro índice, estavam entre as maiores altas.

O Itaú Unibanco ganhava 3,23%, para R$ 33,86, enquanto a ação preferencial do Bradesco (sem direito a voto) subia 3,37%, para R$ 28,20. O Banco do Brasil tinha valorização de 3,20%, para R$ 23,24, e o Santander Brasil via seu papel avançar 1,86%, para R$ 15,84.

As grandes produtoras de matérias-primas ajudavam a sustentar o ganho do Ibovespa, na esteira da alta nos preços do petróleo e do minério de ferro no mercado exterior. A ação preferencial da Petrobras ganhava 1,70%, para 13,19. Já a Vale tinha valorização de 4,41% nos papéis preferenciais, para R$ 17,74.

O preço à vista do minério de ferro na China superou US$ 65 nesta quarta-feira, conforme os estoques nos portos do país completam a oitava semana de queda, com a cotação equiparando-se ao nível de meados de fevereiro deste ano. O país asiático é o principal destino das exportações da mineradora brasileira.

CÂMBIO

Com ânimo na Bolsa, o dólar registrava queda em relação ao real, acompanhando a tendência de desvalorização da moeda americana sobre as principais divisas internacionais nesta quarta-feira.

Às 12h, o dólar à vista, referência no mercado financeiro, cedia 0,22%, para R$ 3,093 na venda. Já o dólar comercial, usado no comércio exterior, recuava 0,32%, a R$ 3,092. Ambos estão em seu menor nível em duas semanas.

Com Reuters

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *