Últimas

Primeiro astronauta mexicano, Rodolfo Neri considera concorrer à presidência

Cidade do México, 18 jun (EFE).- O primeiro astronauta do México, Rodolfo Neri Vela, declarou nesta quinta-feira que pode buscar uma candidatura independente à presidência do país em 2018 por considerar que a classe política “é a própria máfia”.

Em entrevista para o “Grupo Imagen Multimedia”, Neri Vela argumentou que os partidos políticos devem entender que há muito descontentamento da sociedade com a situação do país. Ele disse que participou de um evento na semana passada e foi perguntado por jornalistas se não gostaria de entrar na política, respondendo “quase em tom de piada” que concorreria como candidato independente para ser o próximo presidente mexicano.

“Posteriormente comecei a receber muito apoio à ideia. Não pensei que a imprensa fosse levar a sério. Em menos de uma semana, recebi uma centena de e-mails me apoiando para concorrer”, declarou.

“Falta fortalecer o nacionalismo em nosso país, foi perdido o respeito a muitas coisas. Não há educação cívica. Um país que não tem educação é um país que não tem futuro”, declarou.

Entre suas propostas, ele afirmou que tiraria das prisões todos os pobres que nelas estão por “terem roubado um pão” e colocaria em seu lugar “todos os políticos corruptos”.

“Quero ver um México melhor. A pobreza continua aumentando, a emigração segue aumentando. Enfim, há muitas coisas que é preciso corrigir. O México está em relativa estabilidade, precisamos de justiça, menos corrupção”, disse.

Neri Vela, de 63 anos, tornou-se o primeiro astronauta mexicano e o segundo da América Latina ao participar como especialista na missão da nave espacial americana Atlantis entre novembro e dezembro de 1985.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *