Últimas

Seleção feminina bate Coreia do Sul e estreia bem na Copa do Mundo

Publicidade

A seleção brasileira de futebol feminino manteve a tradição de estrear no Mundial com vitória e sem sofrer gol batendo a Coreia do Sul por 2 a 0, em Montreal, no Canadá, em partida do grupo E.

Nas outras seis edições da competição o time nacional também garantiu os três pontos no jogo inaugural e a defesa não foi vazada.

Comandada pelo técnico Vadão, a seleção brasileira mandou a campo um time bastante experiente, com destaques para Marta, Cristiane e Formiga. E foi a Formiga, aos 37 anos, que marcou o primeiro gol, após recuo mal feito pela zagueira Kim Doyeon para a goleira Kim Jungmi e batida no canto esquerdo, aos 32 minutos.

O segundo saiu em pênalti cobrado por Marta, aos 7 minutos da etapa complementar. Com esse gol, a camisa 10 brasileira assumiu a artilharia geral em mundiais femininos, balançando a rede em 15 oportunidades.

Com a vitória neste confronto, o Brasil chega a três pontos e lidera o grupo, seguido por Espanha e Costa Rica, que empataram na rodada inaugural, e a Coreia do Sul, sem pontos conquistados.

Na segunda rodada da fase de grupos, que será jogada no próximo sábado (13), o Brasil tem duelo com a Espanha, às 17h, enquanto a Coreia do Sul enfrenta a Costa Rica, às 20h.

O JOGO

A seleção comandada pelo técnico Vadão começou o jogo dominando as ações e teve uma ótima chance de gol logo aos 3 minutos, em descida da lateral direita Fabiana, que recebeu na intermediária e arriscou de longe. A bola explodiu no travessão, com a goleira Kim batida no lance.

O Brasil voltou a chegar com perigo em chutes de fora da área, principalmente em arremates da atacante Andressa Alves, que arriscou em duas oportunidades.

O primeiro gol brasileiro saiu aos 32 minutos com Formiga, após recuo mal feito pela zagueira Kim Doyeon para a goleira Kim Jungmi, antecipação da camisa 20 e batida no canto esquerdo.

No segundo tempo o Brasil voltou apertando a marcação e, logo aos 6 minutos, Formiga roubou na saída de bola coreana e sofreu pênalti. Marta cobrou com categoria no canto direito e marcou o segundo gol.

Aos 35 o Brasil teve ótima oportunidade para ampliar. Cristiane saiu cara a cara com a goleira Kim e passou para Marta concluir, mas a lateral Lee conseguiu travar o chute e evitar o gol.

Nos minutos finais o Brasil cadenciou o jogo, tocou a bola no meio campo e esperou o relógio passar.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *