Últimas

Seminário discutirá o desafio de empreender

Rio – Capacitar mão de obra, escolher os melhores fornecedores, vencer a burocracia e planejar o crescimento da empresa não são tarefas simples para quem sonha entrar no mundo dos negócios. O seminário “O desafio de empreender” vai discutir oportunidades e soluções que empreendedores bem sucedidos encontraram para transformar suas ideias em realidade. O debate, que tem patrocínio do SEBRAE/RJ e da UNIGRANRIO, será realizado dia 10 de junho, às 18h, no auditório Wilson Chagas, no campus I, da Unigranrio, em Duque de Caxias. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.unigranrio.com.br.

O debate terá participação do gestor do Projeto de Startups do Sebrae/RJ, Paulo Roberto Cezar de Andrade; do diretor adjunto da Escola de Ciências Sociais e Aplicadas da Unigranrio, Fred Schiffer; e dos empreendedores Marcius Victorio da Costa, fundador da Fumajet e idealizador do Motofog, equipamento inovador no combate a pragas agrícolas e a mosquitos, que hoje é usado em diversos países; Nelsinho da Pipoca, criador do serviço delivery Disk-Pipoka; e Gracinete Telles, sócia da Padaria e Confeitaria Flor do Bandeirante, vencedora do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2007.

O encontro tem por objetivo promover a troca de conhecimento e experiência, mostrando aos jovens que é possível desenvolver alternativas ao mercado tradicional de trabalho. O debate é parte do projeto “Ideia em Ação”, patrocinado pelo SEBRAE/RJ e UNIGRANRIO, que visa a estimular o empreendedorismo, especialmente entre jovens. Durante o seminário, serão anunciados os vencedores do Concurso Ideia em Ação”, que dará aos autores das dez propostas mais viáveis e criativas um curso IPGN (Iniciando um Pequeno Grande Negócio), ministrado por especialistas do SEBRAE/RJ, na unidade de Duque de Caxias. O curso tem duração de 30 horas e, nas aulas, os futuros empreendedores poderão aplicar o conhecimento aos seus projetos.

“O desafio do empreendedor é converter o acervo de conhecimento em propostas de valor para os clientes. É preciso analisar os movimentos e as tendências do mercado para identificar necessidades e possibilidades. Do conhecimento para o papel e do papel para a ação, transformando ideias em possibilidades de negócios”, explica Marc Diaz, gerente de Programas Estratégicos do Sebrae/RJ.

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *