Últimas

"Sensual demais", propaganda da Itaipava é suspensa por conselho

Publicidade

O Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) recomendou que a Itaipava retire um cartaz publicitário de circulação por considerar que houve apelo excessivo à sensualidade. A decisão foi tomada na quinta-feira (11).

Reprodução
Aline Riscado em propaganda da Itaipava
Aline Riscado em propaganda da Itaipava

Na propaganda, exibida em bares e pontos comerciais, uma modelo segura uma cerveja logo abaixo do número “300 ml”. Na outra mão, ela mostra outra cerveja, perto da mensagem “350 ml”. Em baixo dos seios da modelo aparece escrito “600 ml”. A propaganda continua com a mensagem: “Faça sua escolha”.

Em outro cartaz, analisado pelo Conar, a modelo exibe a garrafa ao lado da mensagem: “20% casa. 30% comida. 50% roupa lavada”. Neste caso, a propaganda foi liberada e a queixa, desconsiderada.

Segundo a assessoria de imprensa do Conar, em mais de 8.000 processos julgados pelo conselho nunca aconteceu de uma recomendação ser descumprida.

Procurado pela reportagem, o Grupo Petrópolis, dono da Itaipava, disse, em nota, que “acata e respeita a decisão do Conar”.

MACHISMO

Recentemente, uma marca de remédio contra cólica menstrual cancelou a sua nova campanha publicitária após virar alvo de crítica nas redes sociais. A propaganda, veiculada na internet, foi acusada de machismo.

Reprodução/Facebook
Portesto contra campanha da Skol no Carnaval
Portesto contra campanha da Skol no Carnaval

Neste ano, outras marcas sofreram acusações de machismo. A campanha “Homens que Amamos” da Risqué,foi acusada de parabenizar homens por ações corriqueiras e a “Esqueci o ‘não’ em casa”, da Skol, foi interpretada como uma apologia ao estupro.

AMOR GAY

No começo de junho, acampanha publicitária para o Dia dos Namorados da rede O Boticário deu origem a uma batalha de curtidas e descurtidas nas redes sociais. “Casais” mostrava duplas hétero e homossexuais se presenteando e se abraçando para celebrar a data.

Divulgação
Campanha da marca O Boticário para o Dia dos Namorados
Campanha da marca O Boticário para o Dia dos Namorados

Pelo menos outros sete comerciais retrataram amor entre pessoas do mesmo sexo, com diferentes graus de polêmica, antes do caso do Boticário.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *