Últimas

Sobe a 69 número de mortos em incêndio de caminhão-tanque na Nigéria

Lagos, 1 Jun 2015 (AFP) – Aumentou para 69 o número de mortos no incêndio de um caminhão-tanque depois que o motorista perdeu o controle do veículo perto de uma estação rodoviária lotada em Onitsha, sul da Nigéria, informou nesta segunda-feira a Cruz Vermelha.

“O motorista perdeu o controle e se precipitou sobre uma estação rodoviária, perto de uma rotunda em Onitsha”, capital comercial do estado de Anambra, disse o porta-voz da polícia local, Uchenna Ezeh, referindo-se ao grave acidente de domingo.

Um funcionário da Cruz Vermelha em Abuja declarou à AFP que seus colegas presentes no local da tragédia confirmaram a morte de 69 pessoas devido ao incêndio ocorrido no domingo, e acrescentou que muitos feridos sofreram graves queimaduras e que o balanço pode aumentar. O número anterior era de 37 mortos.

As autoridades não conseguiram determinar o que levou o motorista a perder o controle do veículo.

Além disso, uma dezena de ônibus e várias motos ficaram destruídos pelo incêndio, afirmou a fonte policial.

Estes acidentes são comuns na Nigéria, onde muitas estradas importantes estão cheias de buracos e os caminhões costumam ser velhos ou não ter a manutenção necessária.

Com frequência, os motoristas são pressionados por seus patrões para realizar frequentes viagens de longa distância quase sem descansar, o que favorece os acidentes.

Os acidentes com caminhões-tanque são extremamente fatais no país porque muita gente costuma se aproximar do local para recolher o combustível derramado.

Em julho de 2012, mais de uma centena de pessoas morreram queimadas no sul do país depois que um caminhão-tanque se acidentou. As pessoas se aproximaram para recolher o combustível e ocorreu um enorme e fatal incêndio.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *