Últimas

Suprema Corte dos EUA dá segunda vitória a Obama em reforma da saúde

Publicidade

A Suprema Corte dos EUA decidiu nesta quinta-feira (25) que a lei de assistência à saúde do presidente Barack Obama pode fornecer subsídios fiscais nacionais para ajudar pessoas na linha de pobreza ou da classe média a comprar seguro-saúde.

Por seis votos a três, os juízes definiram que os subsídios recebidos atualmente por 8,7 milhões de pessoas para adquirir o auxílio não dependem de onde vivem.

Jacquelyn Martin/Associated Press
Equipes de TV se posicionam em frente da Suprema Corte em Washington
Equipes de TV se posicionam em frente da Suprema Corte em Washington

A decisão é a segunda grande vitória de Obama na Suprema Corte em relação à reforma de saúde, conhecida como Obamacare, sua maior conquista de política interna.

A lei permitiu a criação de locais em que as pessoas sem assistência podem adquirir planos de saúde individuais.

Enquanto alguns Estados centralizaram essa negociação, mais de 30 outros permitiram a atuação direta do governo federal em seus territórios.

Em todo o país, cerca de 85% dos clientes se qualificam, com base em sua renda, para receber ajuda financeira para adquirir a cobertura de saúde.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *