Últimas

"Transar é fácil, difícil é achar alguém para conversar", diz Miley Cyrus

  • Neilson Barnard/Getty Images

    Miley Cyru participa ao lado dos pais, o cantor Billy Ray Cyrus e a produtora Tish Cyrus, do Baile de Gala da amfAR de 2015

    Miley Cyru participa ao lado dos pais, o cantor Billy Ray Cyrus e a produtora Tish Cyrus, do Baile de Gala da amfAR de 2015

Após admitir que já se envolveu romanticamente com os dois sexos, e revelar sua opção sexual para a mãe aos 14 anos, Miley Cyrus disse que é difícil encontrar uma pessoa especial. “Transar é fácil. Você pode achar em cinco segundos. Mas se falarmos em alguém para conversar, e ser você mesma, as opções ficam muito mais escassas”, afirmou em entrevista para a revista norte-americana “Time”.

Ela ainda comentou as diferenças que encontrou ter encontros amorosos tanto com meninos como com meninas. “Quando saia com um cara, parecia que havia uma energia de machão, como se tivesse que ser extremamente feminina e delicada, o que eu não sou”, afirmou a cantora. “Já com uma garota, sentia que ela precisava de alguém para protegê-la e que eu teria que emanar uma energia masculina, o que também não parecia certo”. 

Sobre os pais, o cantor country Billy Ray Cyrus e a produtora Tish Cyrus, afirmou que não associa o sentimento de proteção com a figura masculina. “Acho que isso me deu a abertura da sexualidade. Não que meu pai não seja protetor, mas confio na minha mãe para me salvar. Ela é o príncipe. Eu nunca tive isso de conto de fadas”, ressaltou.

Miley lembra de chorar antes de encontros quando era adolescente, tensa com o fato da pessoa perceber falhas dela, como uma espinha. Atualmente, no entanto, diz que está muito menos preocupada com o superficial.



Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *