Últimas

Tsipras descarta eleições e diz que governo tomará decisão, mesmo que difícil

Atenas, 13 jun (EFE).- O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, descartou convocar eleições ou um referendo sobre as negociações com os credores e afirmou que qualquer decisão, “por mais difícil que seja”, será tomada pelo governo.

Segundo um comunicado divulgado neste sábado pelo Executivo, Tsipras fez estas declarações na reunião ontem à noite com a equipe de governo que viajou hoje para Bruxelas para continuar as negociações.

“Se chegarmos a um acordo sustentável, independentemente do quão difícil seja o compromisso, poderemos suportar a carga, porque nosso único critério é sair da crise e acabar com a submissão a programas de resgate”, disse Tsipras.

No entanto, advertiu que “se o que a Europa quer é a divisão e que se mantenha a submissão, tomaremos a grande decisão de dizer não e lutaremos pela dignidade de nosso povo e pela soberania nacional”.

“O governo tem o apoio da população e uma maioria confortável no parlamento. O povo nos deu sua confiança para que tomemos decisões críticas e administremos esta situação difícil”, assinalou o primeiro-ministro.

Em Bruxelas continuam hoje as negociações em nível político que buscam um acordo que permita o desbloqueio do resgate pendente de 7,2 bilhões de euros.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *