Últimas

Após 'Financial Times', Pearson negocia seus 50% no Economist Group

Publicidade

Poucos dias após anunciar a venda do Financial Times Group para o grupo de mídia japonês Nikkei, a editora britânica Pearson confirmou neste sábado (25) que está negociando os 50% de participação que possui no The Economist Group.

O The Economist Group edita a revista “The Economist”. “A Pearson confirma que está em discussão com o conselho do The Economist Group e seus membros sobre a potencial venda de nossa participação de 50% no Group. Não há certeza de que o processo vá levar a uma transação”, afirmou a empresa em comunicado disponibilizado em seu site.

Na última quinta-feira (23), a Pearson confirmou a venda do grupo que edita o “Financial Times”, considerado por muitos o melhor e mais influente diário econômico do mundo.

A transação incluiu o site do diário, o “FT.com”, e a revista “The Banker”. No cargo desde 2013, o presidente da Pearson, John Fallon, disse que o grupo decidiu vender o jornal -do qual era dono desde 1957- para priorizar o setor educacional, responsável por 90% da receita.

Diante da queda nos lucros e de dificuldades no mercado americano, a Pearson tem se reestruturado -há dois anos, comprou no Brasil a rede de escolas de idiomas Wizard por R$ 2 bilhões.

Lançada em 1843, a “The Economist” foi responsável por algumas das principais críticas internacionais à gestão econômica brasileira. Enquanto em 2009 publicou a capa em que o Cristo Redentor decolava, quando a economia ainda mostrava resistência aos efeitos da crise mundial, em 2013 o mesmo Cristo aparecia implodindo, quando os sinais de desaceleração já começavam a ser sentidos.

No ano passado, antes do segundo turno eleitoral que opôs a então candidata Dilma Rousseff a Aécio Neves (PSDB), a revista defendeu que o Brasil precisava de mudança e pediu voto para o tucano.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *