Ataque do Boko Haram deixa ao menos 11 mortos no nordeste da Nigéria

Publicidade

Ao menos 11 pessoas morreram na noite desta sexta-feira (10) após um ataque de combatentes da facção radical islâmica Boko Haram a um vilarejo remoto do nordeste da Nigéria, de acordo com habitantes e um oficial da polícia, que falou sob a condição de anonimato.

“Perdemos onze pessoas e quase metade de nosso vilarejo foi incendiado”, afirmou Kyari Sanda, morador de Ngamdu, a 100 km ao sul de Maiduguri, no estado de Borno.

O ataque também foi confirmado por Danlami Ajaokuta, integrante de uma milícia que ajuda o Exército na luta contra o Boko Haram.

“Acabávamos de terminar nossa oração da tarde quando homens armados do Boko Haram invadiram a aldeia”, disse Kyari Sanda. “[Eles] abriram fogo imediatamente”, completou.

Além das mortes, vários moradores ficaram feridos em decorrência do ataque.

O grupo opera desde 2009 na Nigéria, onde a insurreição e a repressão deixaram mais de 15.000 mortos. Nos últimos dez dias, pelo menos 280 pessoas morreram em ataques islamitas, explosões e atentados suicidas.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *