terça-feira , 1 setembro 2015
Penedo

Blog dá passo a passo de como estuprar mulheres em baladas e escolas

São Paulo – Um blog chamado “tioastolfo” tem ultrapassado todos os limites do mau gosto e da ilegalidade ao postar textos em que, dando um passo a passo detalhado, ensina homens a praticar estupros em lugares públicos como casas noturnas e escolas.

Nesta segunda-feira, a Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) divulgou nota na qual afirma que sua ouvidoria começou a investigar se a página é de autoria de um de seus alunos, conforme lhe foi denunciado.

Além de imagens pornográficas e de vítimas de violência sexual, o blog traz entre seus posts guias de como praticar abusos sexuais na adolescência e textos com títulos como “aprenda a lidar com uma vagabunda”, no qual se lê: “Por mais feio, velho e pobre que seja um homem, ele ainda é superior a uma mulher pois pode quebrar o pescoço da vadia a hora que ele quiser”.


A página incentiva menores a praticarem estupros

Foto:  Reprodução Internet

A violência dos posts só piora. Em um outro, em que o autor dá dicas de como estuprar mulheres na escola – “pois, quanto mais cedo você estupra a mulher, menor a probabilidade de ela te contaminar com HIV” –, enumera até os tipos de armas que podem ser usados para intimidar a vítima, enquanto ilustra o texto com fotos de Liana Friedebach (morta pelo então adolescente Roberto Aparecido Alves Cardoso, conhecido como Champinha, após três dias de seguidos estupros, em 2003).


O blog dá passo a passo sobre como estuprar uma mulher

Foto:  Foto: Reprodução

“A Unesp informa que repudia quaisquer opiniões preconceituosas e que incitem à discriminação, à violência e a sentimentos de ódio realizadas por pessoas ligadas ou não à instituição”, disse a universidade em nota. “Posições como essa vão contra os princípios básicos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e da convivência democrática. São, também, consideradas infrações às leis brasileiras e, portanto, passíveis de punições.”

Na página, também é incitado o racismo, a homofobia e o antissemitismo – uma foto no blog mostra um homem segurando nas mãos o livro “Minha Luta”, de Adolf Hitler (na legenda diz que ele é advogado da página).

Nesta segunda-feira (27), um post do blog trouxe o nome e informações pessoais do suposto dono da página, que desafiou as autoridades em texto. “Quando o blog começou a repercurtir, confesso que senti medo. Até tirei o meu Facebook da página. Mas, após uma conversa com o sujeito que está me ajudando a manter este site, que me assegurou que seus advogados já estão encarregados da minha defesa, resolvi tocar o foda-se e dar a cara a tapa”, escreveu.

“Se eu fosse um cara bonito, do tipo aquele ator do ’50 Tons de Cinza’, estaria um mar de vagabundas aqui pagando meu pau e querendo meu telefone. Como sou gordo, fora do padrão estético, estou sendo discriminado, vítima de racismo por ser parto (me considero branco de coração).”

O acusado, no entanto, rechaçou ser o responsável pelo blog em seu site pessoal e afirmou que seu dono é outro sujeito, que teria sido preso em 2012 por incitações criminosas semelhantes.

Procurados, o Ministério Público Estadual de São Paulo e a Polícia Federal não se pronunciaram sobre o assunto até a publicação desta matéria.

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Compartilhe

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*