Últimas

Bombardeios contra depósitos de armas e explosões sacodem a capital do Iêmen

Sana, 8 jul (EFE).- Uma série de ataques aéreos lançados nesta quarta-feira pela coalizão árabe contra depósitos de armas do movimento rebelde xiita dos houthis provocou fortes explosões nos arredores da capital iemenita, Sana.

As testemunhas relataram à Agência Efe que os bombardeios foram efetuados por aviões que sobrevoaram a baixa altura os armazéns situados em grutas das colinas de Naqm.

O ataque causou uma explosão em cadeia dos projéteis e outras armas e munição armazenadas nesses depósitos.

A coalizão árabe, liderada pela Arábia Saudita, atacou em reiteradas ocasiões esses depósitos de armas desde que começou sua campanha aérea contra os houthis, no último dia 26 de março.

Seu principal objetivo é devolver o presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi, ao poder, e fazer com que os houthis recuem das províncias que ocupam e entreguem os ministérios, quartéis e armas pesadas que capturaram em sua ofensiva.

Ontem à noite pelo menos 70 soldados leais a Hadi morreram e 200 ficaram feridos em bombardeios efetuados por engano pela coalizão no sudeste do Iêmen, informou hoje à Efe uma fonte militar.

Os cinco ataques aéreos da coalizão, que aparentemente estavam dirigidos contra as forças rebeldes, atingiram o quartel da 23ª Brigada Mecanizada na região de Al Abar, na província de Hadramut.

Há dois dias mais de cem pessoas, em sua maioria civis, morreram e dezenas ficaram feridas em bombardeios lançados pela aliança árabe contra duas áreas dominadas pelos houthis no norte e o sul do Iêmen. EFE

ja/rsd

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *