Últimas

Cerimonial erra, e Maduro chega ao Itamaraty sem recepção de Dilma

Publicidade

O encontro de presidentes na cúpula do Mercosul, nesta sexta-feira (17), começou com uma pequena gafe do cerimonial brasileiro.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chegou ao Palácio Itamaraty e não foi recebido pela presidente Dilma Rousseff, como previsto.

Naquele mesmo momento, ela estava em audiência, já no edifício, com o presidente da Guiana, David Granger.

Jorge Dan Lopez – 28.jun.2015/Reuters
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, mostra cédula durante votação em junho em Caracas
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, mostra cédula durante votação em junho em Caracas

Na pauta do encontro, justamente uma rusga entre os países: Guiana e Venezuela enfrentam uma crise diplomática após descoberta de jazidas de petróleo no território de Esequibo, na região fronteiriça.

Quando Dilma desceu à entrada do Palácio, foi informada de que o convidado venezuelano já havia chegado.

Foram cinco minutos de espera para que, finalmente, Maduro surgisse por trás da presidente, dessa vez recebendo calorosos cumprimentos e pedidos de desculpa de Dilma.

Assessores reconheceram uma falha de comunicação no processo —a presidente não foi informada de que Maduro estava prestes a chegar.

Após recebê-lo, foi a vez de recepcionar os presidentes da Bolívia, Evo Morales, e do Uruguai, Tabaré Vázquez.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *