Últimas

Corinthians mantém esperanças e pede ajuda ao Boca para ter Teo Gutiérrez

A estratégia do Corinthians para contratar Teo Gutiérrez, do River Plate-ARG, depende do principal rival do clube argentino. 

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, o gerente de futebol corintiano Edu Gaspar explicou a proposta. Em dívida com o Corinthians pelas aquisições de Juan Manuel Martínez, em 2013, e Nicolás Lodeiro, neste ano, o Boca Juniors-ARG poderia ajudar na operação. O River quer 3 milhões de dólares (cerca de R$ 9,3 milhões). 

De acordo com Edu, a ideia do Corinthians é não desembolsar quantia alguma com a aquisição do centroavante colombiano e fazer com que o Boca pague ao River por Gutiérrez. O gerente, porém, assumiu que a primeira oferta apresentada ao time argentino foi recusada. Segundo ele, novas conversas ainda serão realizadas. 

“Temos uma pendência com o Boca há bastante tempo. O Boca veio tentar nos justificar a falta dos pagamentos que temos a receber e aproveitamos essa dívida conosco para tentar transferir ao River. Essa foi a ideia da proposta. O Boca vem justificando o não pagamento ao Corinthians, alegando dificuldade na transferência de recursos, preço do dólar comercial, pedindo documentos. Então por que não transferir? Estamos tentando”, disse Edu Gaspar. 

“Recebemos uma contraproposta do River que nos nossos parâmetros é difícil de viabilizar. Bati papo com Eduardo (Ferreira, diretor adjunto de futebol), estou esperando Roberto (presidente) para ver se mantemos a nossa proposta ou fazemos contraproposta. Mandamos sim uma proposta formal, recebemos a contraproposta e estamos no meio de como vamos fazer daqui por diante”, explicou Edu. 

O gerente de futebol também explicou que as negociações para contratar Dentinho, do Shakhtar-UCR, e Renê Júnior, do Guangzhou-CHN, seguem paradas. O Corinthians tem interesse na aquisição de ambos os jogadores, mas depende de liberações para que sejam reforços gratuitos, por empréstimo. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *