Últimas

Dirigido por Falabella, 'Memórias de um Gigolô' mostra jogo de sedução ousado

10/07/2015 – 03h01

As informações estão atualizadas até a data acima. Sugerimos contatar o local para confirmar as informações

FABIANA SERAGUSA
DE SÃO PAULO

Perucas, bigodes e figurinos luxuosos recriam a São Paulo das décadas de 1930 e 40, que serve de cenário para o novo musical adaptado e dirigido por Miguel Falabella, “Memórias de um Gigolô”.

A estreia é nesta sexta (10), no Procópio Ferreira (zona oeste de São Paulo), com ingressos de R$ 50 a R$ 180.

Baseada na obra de Marcos Rey, a peça usa 14 canções para contar a história de um triângulo amoroso irreverente em meio ao requinte que envolve os magnatas do café.

A trama ganha forma a partir das lembranças do órfão Mariano (interpretado por Leonardo Miggiorin), que é adotado por uma dona de bordel e passa a viver num mundo cercado de diversão.

É lá que ele conhece a charmosa Guadalupe (Mariana Rios), que o transforma num gigolô de uma mulher só, e o também gigolô Esmeraldo (Marcelo Serrado) —e os três vivem um jogo de sedução sem pudores.

Memórias de um Gigolô

*

CURIOSIDADES

* O romance de Marcos Rey já virou
minissérie, exibida na Globo em 1986

* Os ensaios duraram dois meses, oito
horas por dia, quatro vezes por semana

* Leonardo Miggiorin realizou aulas de canto, musculação,
pilates e quiropraxia (para aliviar a tensão dos ensaios)

* Mariana Rios fez aulas de dança, canto
e preparação com uma fonoaudióloga

* Marcelo Serrado tomou aulas de canto durante mais de seis
meses com professores do Rio de Janeiro e de São Paulo

* São 21 atores em cena e mais de
130 pessoas na equipe do espetáculo

* As 14 canções foram compostas por Miguel
Falabella em parceria com Josimar Carneiro

* Foram utilizados mais de 2 mil metros de tecido e mais
de oito toneladas de ferragem e madeira no suporte do cenário

* O elenco usa 23 perucas, dez bigodes e
125 figurinos completos durante a apresentação

Informe-se sobre o evento



Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *