Últimas

Em nova 'escapada' no exterior, Dilma vai à ópera em Milão

Publicidade

Foi mais uma daquelas escapadas que a presidente Dilma Rousseff gosta tanto quando faz uma viagem ao exterior, principalmente à Europa.

Nesta sexta-feira (10), assim que chegou a Milão, após uma agenda oficial intensa em Roma, a pressente preferiu deixar o descanso de lado e foi ao Teatro alla Scala, onde assistiu à ópera Otelo, do italiano Giuseppe Verdi, baseada na peça de William Shakespeare.

Acompanhada dos ministros Aldo Rebelo (Ciência e Tecnologia), Katia Abreu (Agricultura) e Mauro Vieira (Relações Exteriores), além do assessor especial da Presidência da República Marco Aurélio Garcia, Dilma ficou cerca de quatro horas assistindo ao espetáculo, que trata de poder, inveja e traição.

Giuseppe Lami/Efe
Dilma Rousseff se encontra com o premiê italiano, Matteo Renzi, em Roma, antes de viajar a Milão
Dilma Rousseff se encontra com o premiê italiano, Matteo Renzi, em Roma, antes de viajar a Milão

Não é a primeira vez que a presidente resolve passear durante suas viagens oficiais sem divulgar a jornalistas seu planejamento.

Durante a Olimpíada de Londres, em 2012, saiu para fazer compras na região do Hyde Park.

A agenda oficial de Dilma em Milão será neste sábado (11), com uma visita ao pavilhão brasileiro na Expo Milão.

Realizada com dinheiro público mesmo durante a crise que acomete a Itália e diversos países da Europa, a feira foi muito criticada por sindicatos e movimentos sociais, que chegaram a criar um comitê “não à Expo” para protestar contra as cifras bilionárias da exposição que abriga, até outubro, pavilhões de 148 países.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *