Festa da dança reúne esperança e talentos em palcos de Nilópolis

Rio – Saltos, giros e muitas piruetas. Há nove anos, esses movimentos fazem parte da rotina da bailarina Amanda Matos, 18, estudante da Escola Municipal Ana Pavlova, de Nilópolis. A partir de amanhã, ela e mais 300 alunos da instituição participarão do primeiro festival de dança da cidade.

Organizado pela escola, o evento reunirá por seis dias academias de Duque de Caxias, Mesquita, Nova Iguaçu e São João de Meriti, além, é claro, de Nilópolis. Juntas, vão apresentar cerca de 120 coreografias. Tudo de graça.


Os bailarinos do Stúdio de Dança Valéria Brito estão prontos para brilhar no festival. Companhia, criada há 28 anos em Nilópolis, vai apresentar 34 coreografias durante a

Foto:  Alexandre Vieira / Agência O Dia

Na segunda-feira, serão realizadas as competições de balé, sapateado, dança do ventre e contemporânea. Já na terça-feira será a vez do jazz, estilo moderno e livre, danças populares e folclóricas e urbanas. A premiação será na quarta-feira.

A companhia vitoriosa levará R$ 1.000, e o melhor bailarino e a melhor bailarina serão premiados com R$ 500, cada um. Os eventos serão no palco da Nilo Show (Rua Expedicionários 91, Centro).

Na quinta e na sexta-feira, os espetáculos serão em palcos alternativos nos bairros de Olinda, Cabral e Manoel Reis. O encerramento, no sábado, terá aulas práticas com profissionais da dança, na escola (Rua Doutor Rufino Gonçalves s/n, Frigorífico).

Diretora do festival, a professora Adriana Miranda explica que os quesitos expressão, sincronismo, figurino, o tema da coreografia e o nível técnico serão avaliados pelos jurados, profissionais vinculados ao Sindicato Estadual de Dança. Entre eles está a bailarina Luciana Petsold, filha de Tereza Petsold, uma das profissionais mais conhecidas na região. “Teremos também um representante da escola de dança de Miami, nos Estados Unidos, para possíveis bolsas de estudos”, revelou Adriana.

Amanda dançará ao lado de Welton Miranda, 23, no estilo contemporâneo. A dupla vai apresentar a coreografia da música ‘Oração ao Tempo’, de Caetano Veloso. “Meu sonho é conseguir uma bolsa para estudar no exterior. O festival pode ser essa oportunidade”, almeja a bailarina.

O Stúdio de Dança Valéria Brito, há 28 anos em Nilópolis, vai apresentar 34 coreografias, uma delas terá a participação de 18 crianças com síndrome de Down. “O festival manterá a chama da dança acesa na cidade, além de possibilitar a interação com outros grupos”, prevê a diretora Valéria Brito, que já foi coreógrafa do quadro ‘Artista Completão’, do ‘Domingão do Faustão’, da TV Globo.

Programação

SEGUNDA-FEIRA

A partir das 17h — Competição de balé clássico e contemporâneo, sapateado e dança do ventre. Abertura com o espetáculo ‘Elementos’, da Cia de Ballet do Rio de Janeiro. Nilo Show (Rua Expedicionários 91, Centro de Nilópolis).

TERÇA-FEIRA

A partir das 18h — Competitiva de jazz, livre, moderno, danças populares, folclóricas e urbana . Abertura com tributo a Tchaikovsky da Escola Municipal de Dança de Nilópolis Anna Pavlova. Nilo Show (Rua Expedicionários 91, Centro, Nilópolis).

QUARTA-FEIRA

A partir das 18h — Premiação da melhor companhia e bailarinos. (Rua Expedicionários 91, Centro, Nilópolis).

QUINTA E SEXTA-FEIRA

Das 14h às 16h — Apresentações em palcos armados na Praça do Skate, em Olinda; Praça do Exército, Manoel Reis; e Ginásio do Cabral, bairro do Cabral.

SÁBADO

A partir das 9h — Aulas de jazz e dança do ventre. Escola Municipal de Dança Anna Pavlova (Rua Doutor Rufino Gonçalves s/nº, Frigorífico).

Originalmente matéria publicada no Jornal O Dia (http://odia.ig.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *