Últimas

Garantido contra o São Paulo, Renê iguala recorde de partidas seguidas no Brasileirão

Paulo Paiva/DP/D.A Press
“Estou muito feliz em alcançar essa marca e espero poder aumentá-la”, disse o lateral esquerdo Renê

Saiba mais

Aos 22 anos e com apenas três temporadas como profissional, o lateral esquerdo Renê está prestes a escrever seu nome na história do Campeonato Brasileiro. Confirmado para o jogo deste domingo, contra o São Paulo, o atleta chega a sua 52ª partida seguida como titular na competição, igualando o recorde do argentino Conca, que precisou precisou de três edições para alcançar a marca: sete em 2009, 38 em 2010 e mais sete em 2011. Todas defendendo o Fluminense. Já o leonino está em sua segunda edição do Brasileiro. No ano passado, foi o único atleta a disputar todas as 38 rodadas. Regularidade que manteve esse ano, entrando em campo nos 13 confrontos pelo Leão.

Sem esconder a felicidade pelo recorde, Renê fez questão de fazer um agradecimento especial ao técnico Eduardo Baptista, que o efetivou como titular do time. “Essa marca significa muito pra mim. Agradeço a Deus, minha família e ao Eduardo, que me deu a oportunidade e confiou em mim. Mas, se eu não tivesse trabalhado e me dedicado ao máximo em todos os jogos, ele não teria me deixado jogar até hoje. Estou muito feliz em alcançar essa marca e espero poder aumentá-la”, destacou o prata da casa rubro-negro, que pode se isolar como o jogador com mais partidas seguidas no Brasileiro, no próximo sábado, contra o Grêmio, em Porto Alegre. 

Porém, para isso, o jogador não pode receber um cartão amarelo, domingo, contra o São Paulo. Isso porque já está pendurado com duas advertências. No entanto, essa situação não é nova para Renê. “Não dá para pensar nisso quando entro em campo. Ano passado, joguei 17 partidas pendurado. É algo difícil, principalmente para quem joga ali atrás. Vou procurar entrar só na bola, mas, se tiver que tomar cartão, vou tomar”, garantiu o camisa 6.

Elogios do técnico Eduardo Baptista

O recorde não é comemorado apenas pelo jogador. Mentor do lateral, Eduardo Baptista ressaltou que a marca valorizará ainda mais o jogador rubro-negro. “Ele está iniciando uma carreira, e esse recorde que ele está conquistando valoriza o atleta. Lógico que ele tem que ter qualidade e potencial, mas esse numero de jogos sem lesões ou suspensões e quase 100% em treinamentos vai ser de muita valia para a sua carreira. É um jogador muito importante para o nosso sistema defensivo e hoje está mais maduro”, elogiou Baptista. 

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *