Últimas

Google reorganizou seu plano para consertar o 'quebrado' projeto Glass

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Com o projeto Glass, Google animou os entusiastas de tecnologia que estão ansiosos por dispositivos futuristas vistos em histórias ficção científica. O par inteligente de óculos foi bem recebido pela mídia, mas o cenário positivo só durou enquanto o modelo ainda não estava sendo comercializado normalmente. Após isso acontecer, duras críticas relacionadas às situações de privacidade e utilização do gadget vestível, finalmente sendo arquivado pela gigante de Mountain View. Entretanto, a responsável pelo Android parece ter arrumado um novo jeito de tentar fazer as coisas funcionarem em seu interessante acessório esperto, diz o jornal The Wall Street.

Nas palavras do famoso jornal, Google mudará seu sistema de vendas do Glass. Ao invés de iniciar as vendas somente para os desenvolvedores, que anteriormente pagavam impressivos US$ 1.500 por cada unidade dos óculos inteligentes, a empresa sediada nos Estados Unidos da América está buscando interessados que atuam em setores profissionais, como ambientes de saúde, equipes industriais, firmas de engenharia, arquitetos e demais trabalhadores que colocariam o aparelho facial em prática não por entretenimento, mas sim pelas capacidades realmente úteis implementadas pela companhia de Larry Page e Sergey Brin.

Desta forma, polêmicas como a captura indevida de fotos em restaurantes e a gravação ilegal de filmes em cinemas seriam evitadas, principalmente por restringir o público-alvo a um nível totalmente voltado à informação, e não diversão. A partir daí, nasce a especulação de que a gigante de Mountain View estaria planejando criar um novo produto direcionado de forma integral aos setores profissionais do mercado, otimizando o sistema operacional Android para o trabalho, removendo funcionalidades como o compartilhamento via internet e demais opções que poderiam causar danos à privacidade do próximo.

De fato, recentemente vimos o possível sucessor do Google Glass original, chamado de Enterprise Edition, ou edição empresarial, em tradução direta. O modelo é mais robusto e resistente do que seu antecessor, oferecendo uma flexibilidade admirável de interação, tanto em processos de hardware quanto de software, levando em consideração a estrutura maleável implementada pela dona dos direitos do Android. A novidade também é mais rápida, então tudo indica que seu preço será proporcional, aumentando notavelmente por causa dos componentes internos superiores. Mesmo assim, o valor necessário por cada exemplar é um mistério.

Se curtiu, compartilhe!

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *