Últimas

Governo picota balanço, e Alckmin anuncia queda nos homicídios em SP

Publicidade

O número de ocorrências de homicídios dolosos (quando há a intenção de matar) caiu 12% no Estado de São Paulo no primeiro semestre deste ano, segundo balanço parcial de números da violência divulgado nesta sexta-feira (24) pela Secretaria da Segurança Pública.

Os dados fazem parte da estatística criminal divulgada mensalmente pela pasta. Neste mês, porém, números positivos, como o de homicídios e de roubos de carga, foram antecipados pela gestão tucana. Os outros índices, como latrocínio (roubo seguido de morte), roubos em geral e estupro, só devem ser divulgados na próxima segunda-feira (27).

De acordo com a secretaria, o Estado de São Paulo registrou 262 casos de homicídio em junho deste ano contra 321 do mesmo período de 2014 –recuo de 18%. Nos primeiros seis meses do ano, o Estado registra 1.931 casos ante 2.185 –redução de 12%.

Segundo o secretário, é a primeira vez que o Estado registra menos de 2.000 homicídios. A taxa de homicídio no mês de junho foi de 9,38 por 100 mil habitantes. Essa é a menor taxa desde 2001, quando o governo Alckmin passou a adotar os atuais critérios.

Para organismos internacionais, taxas acima de 10 homicídios a cada 100 mil habitantes são consideradas epidêmicas –quando os crimes estão fora de controle.

Infográfico Homicídios dolosos – Crédito: Editoria de Arte/Folhapress

Na capital paulista, em junho, a secretaria registrou recuo de 21,5% – passou de 93 casos em 2014 para 73 este ano. No acumulado do 1° semestre, a cidade de São Paulo registrou 530 casos de homicídios ante 560 no mesmo período de 2014 –redução de 5%.

Pré-candidato à Presidência em 2018, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) acompanhou nesta sexta o evento de divulgação dos dados de homicídio, em uma delegacia de polícia da zona leste da cidade.

O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, justificou a antecipação dos dados. “Como houve, nos casos homicídios neste semestre, a queda de todos os recordes é importante que a população saiba o resultado.”

ROUBO DE CARGAS

O número de roubo de cargas recuou em junho deste em comparação com o mesmo período do ano passado no Estado, capital e Grande SP.

Apesar disso, houve um aumento de casos no acumulado do primeiro semestre deste ano em relação a 2014 no Estado e na capital. Segundo dados da secretaria, nos primeiros seis meses deste ano, o Estado registrou 4.422 ocorrências ante 4.300 em 2014 – um aumento de 2,84%.

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

1 comentário

  1. Os investimentos do Governo de SP em equipamentos, tecnologia e treinamento têm trazido uma queda substancial nos índices de violência e criminalidade. Isso mostra que a política de segurança pública do governo Geraldo Alckmin está correta. São Paulo é hoje o Estado com menor índice de homicídios do país. Mais que 4 vezes menor que a média brasileira. O Governo de SP tem feito sua parte. Basta, agora, o governo Federal colaborar com o combate ao tráfico internacional de drogas e armas, e o Congresso Nacional aprovar mais leis que ajudam a diminuir a violência e a criminalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *