Últimas

Livro de Harper Lee é lançado como best-seller

O segundo romance de Harper Lee, autora do célebre “O Sol é Para Todos”, chegou nesta terça-feira, dia 14, às livrarias já na condição de best-seller, depois de cinco meses de espera por um lançamento considerado um dos acontecimentos mais importantes da história editorial.

Nos Estados Unidos, Reino Unido e Irlanda, algumas livrarias abriram à meia-noite para que os leitores pudessem comprar sua cópia de “Go Set a Watchman”, continuação do clássico da literatura que proporcionou a sua autora, atualmente com 89 anos, um Prêmio Pulitzer e fama mundial em 1960.

“Sou um apaixonado por livros e acho que faria qualquer coisa para apoiar os escritores e grandes livros como este”, declarou à AFP o jovem Mekdad Muthana, um iemenita de 25 anos, na porta da livraria Barnes & Noble da Union Square, sul de Manhattan, que abriu excepcionalmente às 7h da manhã.

Ao contrário das longas filas formadas por adolescentes e crianças nos lançamento de “Harry Potter”, de JK Rowling, algumas dezenas de poucos mas devotos leitores correram para comprar o livro durante a manhã.

Em Monroeville (Alabama, sul), a cidade natal de Lee, 400 pessoas esperaram durante a madrugada a abertura da loja Ol’ Curiosities & Book Shoppe para obter sua cópia do primeiro livro da heroína local em 55 anos.

A tiragem inicial de “Go Set a Watchman” é de dois milhões de cópias, segundo a editora HarperCollins, que conta com pedidos que já o fazem um best-seller.

A obra coloca em cena, vinte anos mais tarde, as mesmas personagens de “O sol é para todos” (To Kill a Mockingbird), considerada uma obra-prima do século XX por seu retrato da injustiça racial na Era da Depressão no sul dos Estados Unidos.

O romance, que vendeu mais de 30 milhões de exemplares e foi traduzido em 40 idiomas, conta a história de Atticus Finch, um advogado branco que defende um negro acusado de estupro. A trama é narrada pela pequena filha do advogado, Scout, que agora adulta e vivendo em Nova York, regressa a seu povoado no Alabama para visitar o pai.

Curiosamente, esta segunda parte foi escrita nos anos 1950, antes do grande sucesso de Lee. O livro foi adaptado para o cinema em 1962, com Gregory Peck no papel de Atticus Finch.

Trilogia à vista

“Go Set a Watchman” chegou cercado de mistério e controvérsia, já que que, desde o sucesso do primeiro livro, Lee nunca mais voltou a publicar nada, e havia dito a amigos e parentes que não queria fazer isso.

O romance estava esquecido em uma caixa, e foi descoberto no ano passado pela advogada de Harper Lee, Tonja Carter, segundo a versão oficial divulgada em fevereiro.

Lee vive em uma clínica para idosos em Monroeville e sofreu um AVC em 2007. Sempre muito reservada, a escritora não dá entrevistas.

Seu estado de saúde e sua antiga negativa despertaram dúvidas sobre seu consentimento para publicar o livro, uma controvérsia que levou a escritora a dizer que se sentia “muito ferida e humilhada”, através de um texto difundido por sua advogada.

Para somar ainda mais expectativa quanto ao lançamento, Carter indicou ao “Wall Street Journal” que, entre os papéis e caixas de Lee, achou páginas escritas que podem ser um terceiro romance da autora.

“Seria um rascunho anterior aos primeiros dois livros ou, inclusive, como indica uma correspondência mais antiga, poderia ser um terceiro livro ligando os outros dois?”, questionou a advogada, deixando a possibilidade em aberto.

Fonte: Band.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *