Mais de 1.200 migrantes desembarcam na Sicília

Roma, 25 Jul 2015 (AFP) – Mais de 1.200 migrantes, procedentes em sua maioria da África subsaariana e da Síria, desembarcaram neste sábado na Sicília, depois que dois barcos os resgataram no Mediterrâneo, anunciou a guarda costeira italiana.

Um total de 785 migrantes, incluindo 27 crianças, chegaram a Palermo depois de terem sido resgatados em frente à costa da Líbia pelo barco norueguês “Siem Pilot”, que agia no âmbito da operação europeia de salvamento Triton.

Outros 468 migrantes, incluindo sete mulheres grávidas, chegaram neste sábado ao porto de Pozzallo, no sudeste da Sicília, a bordo do “Niamh”, um navio militar irlandês, segundo a guarda costeira local.

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) calcula que mais de 150.000 migrantes chegaram à Europa pelo mar entre o início do ano e o dia 10 de julho.

A metade deles desembarcaram na Itália, onde as chegadas de migrantes superaram o recorde de 2014, e a outra metade chegou à Grécia.

Em frente à costa líbia, a travessia do Mediterrâneo já deixou 1.900 mortos durante o ano.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *