Últimas

Na África do Sul, Uber contratou segurança privada para proteger motoristas contra ataques

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O Uber está passando por problemas em diversos países, o caso mais recente está acontecendo em Paris, na França. Lá os chefes da plataforma foram presos e os protestos dos taxistas causaram medo aos passageiros e motoristas do serviço, já que os carros foram apedrejados e foi colocado fogo em pneus. Outro problema está afetando a startup, dessa vez em Joanesburgo, na África do Sul, e será necessário tomar medidas preventivas.

O Uber está sendo obrigado a contratar segurança privada para cuidar do bem-estar dos seus motoristas na África do Sul. Ocorreram alguns protestos que preocuparam a empresa sobre mais um ataque de violência, como ocorreu na França.

De acordo com informações do Eyewitness News, alguns taxistas furiosos tentaram intimidar motoristas do Uber, alguns veículos estavam até levando passageiros. Ou seja, a nova decisão não é apenas para firmar a segurança dos motoristas, os passageiros também podem acabar sofrendo com a onda de protestos.

Em um caso, um dos motoristas do serviço foi ameaçado com uma arma e o criminoso até tirou as chaves da ignição do carro. Os protestantes estão reclamando que a plataforma está “roubando” o mercado da África do Sul, em relação aos táxis.

E não apenas parece semelhante o que está acontecendo em Joanesburgo, isso está ocorrendo em todo o país. Há alguns dias o UberPOP foi suspenso na França, isso foi necessário para evitar confrontos com os taxistas, que já causaram estragos em carros do serviço. No Brasil está ocorrendo algo parecido, a Câmara do DF também aprovou a lei que proíbe atuação do Uber.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *