Últimas

Não tem o que comemorar, diz Dorival Júnior após vitória

Publicidade

Com a derrota do Figueirense no sábado (25) para o líder Atlético-MG, e a vitória do Santos neste domingo, o time do litoral paulista saiu da zona do rebaixamento, ao menos nesta 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O triunfo sobre o Joinville, dentro de casa, levou o alvinegro aos 16 pontos, três a mais que o Goiás, primeiro da zona de rebaixamento, que ainda joga na rodada. No entanto, o técnico santista Dorival Junior não mostrou empolgação com os 2 a 0 sobre os catarinenses.

“Os resultados ajudam, mas não são tudo. Eu vou acreditar sempre que o trabalho se volta na semana seguinte e o que foi alcançado, muito bom, mas acabou, passou. Segunda-feira vamos iniciar nova semana e pensar no Flamengo. Ainda estamos a um ponto da zona de rebaixamento. Será que isso é tranquilidade? Não, não é”, disse.

Em quatro jogos sob o comando do Santos, Dorival venceu três e perdeu apenas uma —contra o Palmeiras no Allianz Parque. Apesar da boa sequência, o comandante se preocupa com a falta de reposição no elenco santista.

“Os jogos serão difíceis e ainda tem Copa do Brasil. Temos que ter elenco. Estamos nessa montagem. Deu para perceber quando perdemos jogadores outras vezes com Marcelo Fernandes e o Serginho [Chulapa]. Temos que nos atentar a isso. Mas não tem o que comemorar, a situação ainda é incomoda”, afirmou.

Na sequência do Nacional, o time praiano terá três jogos contra times que lutam para se distanciar do rebaixamento. O primeiro adversário será o Flamengo no próximo domingo (02). Coritiba e Vasco completam os enfrentamentos.

Santos

Fonte: Folha de São Paulo
www.folha.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *