Últimas

Orgasmo é muito mais do que incrível – veja aqui o que ele faz com você

[Conteúdo indisponível no momento]
Falar sobre sexo é ótimo, e o texto abaixo vai fazer com que você tenha um repertório muito mais interessante nesse sentido

A partir do momento em que uma pessoa fica sabendo pela primeira vez o que é sexo, o assunto se torna parte da vida dela. Na infância, é o choque, a curiosidade e as informações descabidas que nos fazem rir quando ficamos adultos. Questões como “beijar engravida?” ou “mas o que é a tal sementinha que vai parar dentro da barriga das mulheres?” são inevitáveis e fazem parte da vida humana de maneira extremamente natural.

Na adolescência, a curiosidade dá lugar à experimentação e aos conteúdos proibidos, aos quais se tem acesso ainda mais fácil desde a internet – antes, achar uma revista no quarto do irmão mais velho já era uma grande vitória. E, de repente, mais cedo ou mais tarde, de uma maneira ou de outra, o sexo passa a realmente fazer parte das nossas vidas. E aí o problema acaba sendo outro: será que foi bom? Será que poderia ter sido melhor? A resposta geralmente é bem simples: poderia.

Leia mais…

Fonte: MegaCurioso.com.br
Notícia postada originalmente pelo site Megacurioso.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *