Papa Francisco afirma que mulher paraguaia é a mais gloriosa da América

  • Guillermo Granja/Reuters

O papa Francisco voltou a afirmar nesta sexta-feira (10) que a mulher paraguaia, que se sacrificou na Guerra do Paraguai (1864-1870), é “a mais gloriosa da América”, durante seu primeiro discurso no país, realizado no palácio presidencial perante o chefe de Estado, Horacio Cartes, e outras autoridades.

Francisco também não esqueceu “dos milhares de paraguaios simples, cujos nomes não aparecerão escritos nos livros de história, mas que foram e seguirão sendo verdadeiros protagonistas da vida de seu povo”.

O papa reconheceu, “com emoção e admiração”, o papel desempenhado pela mulher paraguaia “nesses momentos dramáticos da história”.

“Sobre seus ombros de mães, esposas e viúvas, levaram o peso maior, souberam levar adiante suas famílias e seu país, infundindo nas novas gerações a esperança em um amanhã melhor”, acrescentou Francisco.

O papa já havia elogiado em outra ocasião a coragem das mulheres deste país após a guerra travada entre o Paraguai e a Tríplice Aliança, composta por Brasil, Argentina e Uruguai.

“Abençoo a mulher paraguaia, a mais gloriosa da América”, expressou então o pontífice.

Além de considerá-las “heroicas”, o papa lembrou como “depois da guerra ficavam oito mulheres por cada homem e elas tomaram a decisão de ter filhos para salvar a pátria, a língua, a cultura e a fé”.

“Eu desejaria que algum dia o Comitê do Prêmio Nobel outorgasse um Prêmio à mulher paraguaia por ter salvado a cultura, a pátria”, propôs Francisco durante uma reunião, segundo a “Rádio Vaticano”.

Papa Francisco chega ao Paraguai

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *