Últimas

Samsung permitirá que usuários chineses desinstalem bloatware de seus dispositivos

Da Redação do site Tudocelular.com.br

A Samsung é mundialmente conhecida pela quantidade de aplicativos e funções que insere de maneira nativa em sua interface TouchWiz. Isto, por um lado, ajuda a tornar tudo mais prático para o usuário, evitando que ele precise ir até a loja para baixar vários aplicativos, porém faz com que o sistema fique bem mais pesado do que temos em soluções de outras fabricantes, ocupando principalmente o armazenamento interno e a RAM dos aparelhos.

Recentemente, vimos inclusive que a sul-coreana foi processada junto à Oppo na China pela quantidade de aplicativos de terceiros pré-instalados em seus dispositivos, sendo encontrados cerca de 40 apps que não podiam ser desinstalados no Galaxy Note 3. Talvez como resultado disto, a companhia anunciou que irá liberar uma atualização para seus smartphones e tablets no país, permitindo assim que todos os aplicativos não-essenciais possam ser desinstalados, o que inclui os famosos joguinhos da Zinga e vários outros devoradores de armazenamento.

Não foram especificações, contudo, quais apps serão considerados essenciais, algo de suma importância se lembrarmos a quantidade de ferramentas que a própria Samsung disponibiliza no ecossistema Android, como S Note, S Calendar, S Voice, etc. Além disso, não sabemos se o mesmo será feito em outros mercados, porém é bastante provável que isto seja algo restrito ao território chinês devido à ação judicial.

Vale notar que a atualização não será entregue via OTA para todos os aparelhos, sendo necessário que os clientes interessados se dirijam até os centros de atendimento da Samsung a partir do próximo mês para realizarem a instalação do update. Isto provavelmente é um meio da fabricante conseguir definir a porcentagem de usuários que realmente desejam que seja disponibilizado um menor número de apps de maneira nativa, buscando assim construir uma base para correções futuras.

Mesmo com a decisão da Samsung, o órgão responsável pela proteção dos direitos dos consumidores na China declarou que ainda é cedo para que todas as acusações sejam retiradas, informando que ainda é necessário aguardarmos para sabermos se tudo o que foi prometido pela fabricante será de fato cumprido. Como ainda temos algumas semanas até que a tal atualização comece a ser liberada aos usuários chineses, teremos que ser pacientes para vermos o que realmente acontecerá.

E você, acredita que a Samsung continua adotando uma quantidade exagerada de aplicativos de terceiros em seus dispositivos? Acha que a sul-coreana faria ainda mais sucesso se adotasse um sistema mais limpo? Deixe-nos seu comentário abaixo!

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *