Últimas

Alessandra Maestrini encontra vítimas de preconceito e alfineta: ‘Quem pratica bullying contra gays passa atestado de enrustido’

Após assumir a sua bissexualidade, Alessandra Maestrini agora se dedica à luta contra o preconceito. A atriz e cantora viajou a Londres para uma participação no show beneficente em prol da ONG RU Comingo Out, que cuida de homossexuais que sofrem bullying. “Quem pratica bullying contra gays está passando um atestado de enrustido”, afirma ela à revista “Contigo!”.

A declaração sobre sua opção sexual foi dada em 2014. Segundo Alessandra, ela tem necessidade de falar sobre o assunto. “Porque é importante o outro saber que ele não está sozinho, que ninguém pode privá-lo de sua liberdade de expressão, de ser quem ele é”, diz ela, que avalia a resposta do público como positiva. “Comecei a receber muitas cartas e e-mails de pessoas me agradecendo por eu ter falado tão abertamento da minha identidade sexual. Por causa de um filho, de um irmão… Essas pessoas se sentiram acolhidas por mim. E eu por elas”.

Alessandra Maestrini recorda ainda que sofreu bullying na infância, mas por outro motivo: “Eu era tímida, gordinha, usava aparelho nos dentes, tinha muita espinha no rosto e me vestia com aquelas roupas hippies, sabe? Pensando bem, eu também não colaborava muito”, brinca ela, que muda o tom ao falar sobre o trabalho da instituição. “Mas bullying é algo sério. Nessa ONG, há homossexuais que tentaram se matar porque acham que não merecem existir tamanho o incômodo que causam para aqueles que os atacam. Isso é horrível”.

Fonte: Jornal Extra (http://extra.globo.com)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *