Últimas

Confira o antes e depois dos pagodeiros

Alguns pagodeiros que começaram suas carreiras no começo dos anos 90, têm visuais bastante diferentes hoje em dia. Veja o ranking feito pelo “Yahoo Celebridades”:

BeloMarcelo Pires Vieira, o Belo, era mais magrinho e mais loiro quando começou sua carreira como vocalista do Soweto no anos 90. Hoje em carreira solo, o cantor não mudou tanto, mas se arriscou a fazer dreadlocks nos cabelos em 2013 e investiu pesado na malhação neste ano para inovar no visual.

Alexandre

Quando começou sua carreira no Só Para Contrariar, Alexandre Pires usava os cabelos compridos, bigodinho e roupas extravagantes. Depois de deixar a banda e seguir carreira solo, o cantor ficou careca, se livrou do bigode e passou a usar roupas mais elegantes. Hoje, ele já fez um especial com a banda que o lançou para fama e deve voltar a se dedicar a seus projetos particulares em breve.

Netinho

Na época em que cantava pagode no Negritude Junior, Netinho de Paula era mais magro e usava roupas mais coloridas e descontraídas. Para seguir carreira na política, o ex-cantor e apresentador de TV passou a ser mais ‘sóbrio’, além de ter ganho bastante peso desde que abandonou a carreira na música.

Rodriguinho

Quando começou a cantar pagode no grupo Os Travessos, Rodriguinho era mais magro e loiro. Hoje, de volta à banda depois de tê-la deixado por 10 anos, o cantor está bem mais forte, fez algumas tatuagens e abriu mão da loirice.

Vava

Desde que deixou o Karametade em 2000,Vavá pouco mudou. O ex-fazendeiro ganhou algum peso, mas nada que comprometa o visual, segundo a legião de fãs.

Dodo

Douglas Fernando Monteiro, o Dodô, não tem mais a mesma carinha de menino da época em que o Grupo Pixote despontou para o sucesso. O cantor, antes careca, agora tem o cabelo com algumas luzes e em um estilo arrepiado.


Fonte: Bastidores da TV

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *