Últimas

Japão anuncia laboratório para estudar vírus mais letais do mundo

O Japão vai concretizar o projeto de um laboratório para estudar os vírus mais perigosos do mundo, como o Ebola ou a febre de Lassa, 30 anos depois do início do plano.

O laboratório abriu as portas em 1981 para investigar e desenvolver vacinas contra os vírus que provocam doenças extremamente infecciosas, mas a oposição da população local havia impedido até agora que o estabelecimento público da prefeitura de Tóquio trabalhasse com os vírus sumamente patogênicos.

Com as dúvidas da população, o laboratório trabalhava apenas com germes de menor periculosidade, como o coronavírus Mers (Síndrome Respiratória do Oriente Médio) ou as bactérias responsáveis pela tuberculose.

O Japão passará a ter seu primeiro laboratório P4 (alta segurança biológica), assim como os outros países do G7.

Atualmente existem quase 40 estruturas deste tipo no mundo, sobretudo nos Estados Unidos e na Europa.

Os cientistas comemoraram a decisão. “O Japão acaba assim com o atraso a respeito das outras nações desenvolvidas”, afirmou Jiro Yasuda, professor da Universidade de Nagasaki.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *