Últimas

Mediterrâneo: 1,5 mil imigrantes são socorridos

segunda-feira, 10 de agosto de 2015 – 18h56

Atualizado em
segunda-feira, 10 de agosto de 2015 – 18h57

Balanço indicou que 240 mil imigrantes chegaram à Europa desde o início do ano


Mais de 2,1 mil imigrantes morreram durante tentativa de travessia em 2015 / AnsaMais de 2,1 mil imigrantes morreram durante tentativa de travessia em 2015
Ansa

Mais de 1.550 imigrantes a bordo de sete embarcações foram resgatados nesta segunda-feira ao largo da Líbia, anunciou a Guarda Costeira italiana, que coordena as operações de vigilância na região.

 

Enquanto centenas de imigrantes resgatados nos dias anteriores foram desembarcados no Sul da Itália, o navio Phoenix, fretado pela organização não governamental Médicos Sem Fronteiras e a organização maltesa Moas, prestaram auxílio a duas barcas com 230 pessoas a bordo.

O navio humanitário resgatou em seguida 125 outras pessoas socorridas a bordo de uma terceira embarcação pelo navio irlandês Niamh. O navio Fenice da Marinha italiana socorreu outros 77 migrantes a bordo de uma quarta embarcação, e o Fiorillo da Guarda Costeira italiana deu abrigo a 345 que se encontravam em outro barco à deriva.

O último balanço do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, divulgado na semana passada, indicou que 240 mil migrantes chegaram à Europa, depois de atravessarem o Mediterrâneo, desde o início do ano – 98 mil na Itália e 124 mil na Grécia – e mais de 2,1 mil morreram durante a tentativa de travessia.



Fonte: Band.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *