Últimas

Não é amor, é negócio! Parceria comercial explica entrada de caio castro no tinder

A confirmação de que Caio Castro havia criado um perfil no Tinder, conhecido como um aplicativo de encontros amorosos, deixou as fãs do ator eufóricas. Mas o galã de “I love Paraisópolis” não está tão disponível assim para conhecer novas pretendentes.

Maria Casadevall e Caio Castro: relacionamento sem rótulos.
Maria Casadevall e Caio Castro: relacionamento sem rótulos. Foto: Divulgação

Não é só porque ele vive um relacionamento (sem rótulos, como o casal gosta de dizer) com a atriz Maria Casadevall. Por trás da criação do perfil do ator, está uma parceria comercial entre ele e o popular aplicativo — o Brasil já é o segundo maior em número de usuários, só perdendo para os Estados Unidos. Em troca de um bom cachê, Caio Castro usa sua imagem para divulgar o Tinder (qual garota não sonharia esbarrar com o galã por lá?). Além disso, ele poderá usar o perfil para divulgar seus trabalhos e marcas que representa. Nesta terça, o ator chegou a postar o Instagram o perfil criado por ele no Tinder, convocando os fãs a entrarem no aplicativo.

Post de Caio Castro no Instagram.
Post de Caio Castro no Instagram. Foto: Reprodução/ Instagram

Esse tipo de ação já é comum entre alguns artistas americanos, que usam o espaço para lançar músicas novas, por exemplo, como mostra um material divulgado para o mercado publicitário essa semana. No mesmo material, são divulgados também nomes de outros famosos que teriam aderido ao aplicativo, como o jogador Fred e Bruno de Luca.

A divulgação de que Caio Castro tinha criado um perfil partiu da própria assessoria do Tinder: “Fomos informados pela sede nos Estados Unidos que uma celebridade brasileira havia entrado com um pedido de verificação. Entramos em contato com o ator e ele permitiu a divulgação”. O pedido de verificação atesta que não se trata de um perfil falso. Não por acaso uma novidade criada recentemente para os usuários que Caio, “coincidentemente”, ajudou a divulgar.

Fonte: Jornal Extra (http://extra.globo.com)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *