Últimas

Óculos bloqueiam tecnologia de reconhecimento facial

Com a crescente popularidade de softwares de reconhecimento facial sendo usados em toda a parte, especialmente pelas empresas de segurança, surge um novo nicho no mercado de tecnologia: gadgets que impedem a identificação facial, disfarçando os padrões do rosto humano que são identificáveis através dessa tecnologia.

O Instituto Nacional de Informática do Japão desenvolveu, em 2012, um modelo de óculos que emite 11 luzes infravermelhas colocadas estrategicamente ao redor do nariz. A partir desse princípio, conseguiram desenvolver uma versão bem mais refinada do dispositivo. 

A possível versão final do “Visor de Privacidade” deve ter ângulos e padrões na lente capazes de refletir ou absorver a luz. Isso deve impedir que os padrões do rosto humano possa ser identificado por qualquer software disponível atualmente no mercado.
Reprodução
Com estrutura que permite a boa visibilidade, o gadget teve êxito em 90% dos casos de identificação do rosto através de uma captação em vídeo, seja ela feita por câmeras de segurança, smartphones ou câmeras digitais.

Entretendo, novas tecnologias de identificação disponíveis no mercado, como a desenvolvida pelo Facebook, utiliza outras informações – não só padrões e detalhes do rosto – para classificar indivíduos. Isso pode ser um indicador de que óculos possa se tornar obsoleto precocemente frente a evolução das tecnologias.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *