Últimas

Samsung quer enviar satélites para o espaço em busca de criar uma humanidade conectada

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Diversas companhias de tecnologia estão tentando levar internet para o mundo e criar um planeta totalmente conectado. A Google está estudando o Projeto Loon há tempos, seu objetivo é levar balões com internet 4G para as áreas mais distantes do globo, recentemente até revelou a parceria com o governo do Sri Lanka. Não podemos esquecer do Facebook com o Internet.org, que pretende levar internet até para as favelas do Brasil.

Nessa semana um dos pesquisadores da Samsung, Farooq Khan, publicou um artigo sobre como colocar internet no mundo inteiro através de satélites no espaço. O estudo afirma que é possível enviar milhares de pequenos satélites de baixo custo para a órbita da terra, e assim fornecer internet em alta velocidade para o mundo inteiro.

Khan também afirmou que a qualidade da intenet pode ser melhor ou igual aos sistemas que são utilizados em terra atualmente. Além de fornecer conexão para diversos lugares com dificuldades, o sistema também ajudará a distribuir a internet que nosso mundo precisará por algumas décadas, ou seja, muito tempo.

O primeiro projeto está tentando trazer uma internet espacial que pode oferecer até 200 GB por mês para mais de 5 bilhões de pessoas ao redor do mundo. Em vez de gastar com mais ambientes em terra, os satélites da Samsung usarão o espaço para oferecer uma rede de internet de mais qualidade; o objetivo é aumentar a magnitude do projeto a cada cinco anos.

Segundo as informações da pesquisa, a cada cinco anos a demanda de dados mobile aumenta dez vezes, e isso continuará acontecendo. Khan afirma que o projeto ajudará a manter essa demanda, no início o projeto mandaria 4600 satélites para a órbita do planeta. A equipe responsável pela iniciativa acredita que esse é o primeiro passo para criar uma humanidade completamente conectada.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *