Últimas

Elogios do técnico, 1º gol após 2 anos e confiança: Vitor projeta uma nova fase no Santa Cruz

“O que me deixa mais feliz, principalmente, foi ter ganho com gol do Vítor.” As palavras são do técnico Marcelo Martelotte depois da vitória por 2 a 1 sobre o Ceará. Elogios espontâneos ao lateral direito, que vinha já sendo criticado pela torcida na posição, mas no último sábado, na Arena Pernambuco, se tornou peça fundamental para a conquista de mais três pontos na Série B. O jogador, que não fazia gols há mais de dois anos, celebrou o momemento e projeta uma nova fase no Santa Cruz. Com menos cobranças sobre ele e mais atuações regulares.

Com o seu último gol feito ainda em 9 de junho de 2013, quando o seu time, o Goiás, perdeu do Fluminense por 2 a 1, no Moarcyzão, o experiente lateral de 33 anos conseguiu voltar a balançar as redes e espera agora uma retomada no clube e tempos de paz com os torcedores corais. Não se furta em falar que pode render bem mais.

“Confio muito que posso fazer cada vez. Não é um gol que vai me fazer relaxar, baixar a guarda. Vou me dedicar cada vez mais, me empenhar, pois não quero decepcionar quem confia em mim”, declarou o jogador. Martelotte não deixou de elogiar o seu comandado e ressaltar a sua sabedoria para ter feito o gol da vitória frente ao Ceará.

“Vitor fez uma grande partida. Teve a possibilidade de começar a jogada do gol e terminar dentro da área fazendo um gol de cabeça, que não é a sua especialidade. Aproveitou do fato de a gente ter dois atacantes altos dentro da área (Grafite e Bruno Moraes), que seguraram a marcação e achou um espaço para penetrar e fazer o gol de cabeça”, pontuou o técnico.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *