Núcleo do IPC-S em agosto fica em 0,58%, mesma taxa apurada em julho, diz FGV

O núcleo do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) ficou em 0,58% em agosto, mesma taxa já apurada em julho, informou nesta terça-feira, a Fundação Getulio Vargas (FGV). Em 12 meses, o núcleo do índice acelerou o avanço de 7,34% em julho para 7,56% em agosto, atingindo assim o maior nível desde março de 2004 (7,87%).

“O núcleo em 12 meses está bem abaixo do IPC-S cheio (9,73%), mas ainda assim não pode ser considerado um patamar tranquilo”, comentou o coordenador do IPC-S, Paulo Picchetti, em entrevista sobre a taxa de 0,22% do IPC-S em agosto. No ano, o núcleo da inflação está em 5,56% e o IPC-S, em 7,22%.

O núcleo do IPC-S é calculado na metodologia das médias aparadas. Em agosto, foram excluídos 41 dos 85 itens componentes do IPC-S. Destes 41, 24 apresentaram taxas abaixo de 0,01%, linha de corte inferior, e 17 registraram variações acima de 0 98%, linha de corte superior.

Em agosto, o índice de difusão do IPC-S, que mede a proporção de itens com taxa de variação positiva, foi de 61,83%, 6,81 pontos porcentuais abaixo do registrado no mês de julho, quando o índice foi de 68,64%.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *